ARENA CONTA ZUMBI E A REVOLTA DA CASA DOS ÍDOLOS: ARTICULAÇÃO DE VOZES POLÍTICAS NO TEATRO BRASILEIRO E ANGOLANO

Autores

  • Agnaldo Rodrigues da Silva UNEMAT

Resumo

Nas décadas de 1960 e 70, Brasil e Angola viveram períodos sociopolíticos turbulentos, em que a literatura e a arte impunham-se e como provocação aos sistemas de governo vigentes. Arena Conta Zumbi e A Revolta da Casa dos Ídolos fazem  uma  representação  das  lutas  e  frustrações de países independentes, mas sufocados pelos desafios de uma democracia ameaçada pelo medo, seja em consequência da ditadura militar (Brasil) ou pelos efeitos devastadores da guerra civil (Angola). Peças teatrais produzidas em espaços e tempos distintos, elas apresentam semelhanças e dessemelhanças, apontando para um horizonte que faça do teatro um espaço de discussão social, históricoe cultural, capaz de despertar consciências.

 

Referências

ABDALA Jr., Benjamin. Literatura, história e política. São Paulo: Ática,

ARTAUD, Antonin. O teatro e seu duplo. Tradução de Teixeira Coelho.

São Paulo: Martins Fontes, 1999.

ASSUMPÇÃO, Maria Elena Ortega Ortiz. A identidade nacional na

dramaturgia angolana ? A Revolta da Casa dos Ídolos e A pele do diabo.

Paris: Fondation Calouste Gulbenkian/Centre Culturel Portugais, 1985.

BERTHOLD, Margot. História mundial do teatro. Tradução de Maria

Paula V. Zurawski et al. São Paulo: Perspectiva, 2010.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Tradução de Myriam Ávila et al.

Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

BOAHEN, Albert Adu. História geral da África, VII: África sob dominação

colonial, 1880-1935. Brasília, UNESCO, 2010

BOAL, Augusto. Teatro do oprimido e outras poéticas políticas. Rio de

Janeiro: Civilização Brasileira, 1975.

BOAL, Augusto; GUARNIERI, Gianfrancesco. Arena Conta Zumbi. Revista

de Teatro SBAT, n. 378, p. 31-59, nov/dez 1970.

CAMPOS, Cláudia de Arruda. Zumbi, Tiradentes. São Paulo:

Perspectiva,1988.

CHAVES, Rita; MACÊDO Tania. Portanto... Pepetela. São Paulo: Ateliê,

CHIPP, Herschel B. Teorias da Arte Moderna. Tradução de

Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

COSTA, Iná Camargo. Sinta o drama. Petrópolis: Vozes, 1998.

FARIA, João Roberto. História do teatro brasileiro. São Paulo:

Perspectiva, 2012.

FERNANDES, Lito Nunes. Economia política da integração regional

na África Ocidental ? a união econômica e monetária do oeste africano

(UEMOA) como estratégia para o desenvolvimento regional (Tese de doutorado). Porto Alegre: UFRGS, 2011, sob orientação de

André Moreira Cunha.

GARCIA, Silvana. Teatro da militância. São Paulo: Perspectiva, 2004.

GUARNIERI, G.; BOAL, A. Arena Conta Zumbi. S/E, 1965. Peça

encontrada no site: http://pt.scribd.com/doc/52018902/arena-conta-zumbi, em 01 de maio de 2016, às 17 horas.

LAMY, Philippe. A ocupação colonial da África ? da Conferência de Berlin

à Primeira Guerra Mundial. São Paulo: Secretaria das Relações

Internacionais, s/d.

PAVIS, Patrice. Dicionário de teatro. São Paulo: Perspectiva, 1999.

PEACOCK, Ronald. A arte do drama. Tradução de Barbara Heliodora.

São Paulo: Realizações Editora, 2011.

PEPETELA. A Revolta da Casa dos Ídolos. Lisboa/Luanda: Edições

/U.E.A, 1980.

REZENDE, Maria José de. A ditadura militar no Brasil ? repressão e

pretensão de legitimidade (1964 ? 1984). Londrina: Edições UEL, 2001.

ROSENFELD, Anatol. O mito e o herói no moderno teatro brasileiro.

São Paulo: Perspectiva, 2012.

___________ Anatol. O teatro épico. São Paulo: Perspectiva, 2002.

SILVA, Agnaldo Rodrigues. Projeção de mitos e construção histórica no

teatro trágico. Campinas/ São Paulo: Editora RG, 2008.

TAIMO, Jamisse Uilson. Ensino Superior em Moçambique: História,

Política e Gestão (Tese de Doutorado). São Paulo: Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Metodista de Piracicaba, 2010,

sob orientação de Valdemar Sguissardi.

Downloads

Como Citar

Rodrigues da Silva, A. (2017). ARENA CONTA ZUMBI E A REVOLTA DA CASA DOS ÍDOLOS: ARTICULAÇÃO DE VOZES POLÍTICAS NO TEATRO BRASILEIRO E ANGOLANO. Revista Alere, 12(2), 19–44. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/1675

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)