GERAÇÃO RESISTÊNCIA: O EXÍLIO NA LITERATURA DE MILTON HATOUM E PEPETELA

Autores

  • Aparecida Cristina da S. Ribeiro

Resumo

Este artigo objetiva refletir sobre a temática do exílio na literatura dos escritores Milton Hatoum e Pepetela. Trazemos uma leitura literária das seguintes narrativas: o conto Bárbara no inverno (2009) e a crônica Exílio (2013), de Hatoum, e o romance A geração da utopia (2013), de Pepetela. Buscamos analisar de que maneira o exílio é um tema vigoroso que se encontra presente na literatura de ambos os autores e que motiva toda uma geração de jovens, principalmente universitários, a vivenciar uma vida nômade e fora do lugar, em que as palavras de ordem são Ou a obediência estúpida ou a revolta, pois resistir é uma maneira de não subordinar-se ao poder. Para refletir sobre a temática proposta, temos como embasamento a leitura crítica dos seguintes ensaios: ?Reflexões sobre o exílio (2003)  e  ?Exílio  intelectual:  expatriados  e
marginais? (2005), de Edward Said.

 

Referências

ABDALA JUNIOR, B. Literatura, história e política: literaturas de língua

portuguesa no século XX. 2ª ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 2007.

___________ De vôos e ilhas: literatura e comunitarismos. 2ª ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 2007.

CANDIDO, A. Literatura e sociedade: estudos de teoria e história

literária. 11ª ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2010.

CHAVES, R. Angola e Moçambique: experiência colonial e territórios

literários. São Paulo: Ateliê Editorial, 2010.

__________. A formação do romance angolano: entre intenções e

gestos. Coleção Via Atlântica, Nº. 1. São Paulo, 1999.

CHAVES e MACÊDO. (Org.). Portanto...Pepetela. São Paulo: Ateliê

Editorial, 2009.

HATOUM, Milton. Relato de um certo Oriente. São Paulo: Companhia

das Letras, 2008.

_________ Dois irmãos. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

_________ Cinzas do norte. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

_________ A cidade Ilhada. Contos. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

_________ Um solitário à espreita: Crônicas. São Paulo: Companhia das

Letras, 2013.

PEPETELA. A geração da utopia. São Paulo: LeYa, 2013

RIBEIRO, A. C. S. Emilie: personagem revisitada na obra de Milton

Hatoum. In: Redes Discursivas: a língua(gem) na pós-raduação. MALUF-SOUZA, Olimpia; SILVA, Valdir; ALMEIDA, Eliana e BISINOTO, Leila

Salomão Jacob (Orgs.). Coleção ENALIHC. Campinas, São Paulo: Pontes

Editores, 2012. p. 345-363.

SAID, E. Reflexões sobre o exílio. In: Reflexões sobre o exílio e outros

ensaios. Tradução de Pedro Maia Soares. São Paulo: Companhia das

Letras, 2003. p.46-60.

_______. Representações do intelectual. In: Representações do intelectual: as conferências Reith de 1993. Traduçãode Milton Hatoum. São Paulo: Companhia das Letras, 2005. p.19-36.

_______. Fora do Lugar: memórias. Tradução de José Geraldo Couto.

São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

Downloads

Como Citar

da S. Ribeiro, A. C. (2017). GERAÇÃO RESISTÊNCIA: O EXÍLIO NA LITERATURA DE MILTON HATOUM E PEPETELA. Revista Alere, 12(2), 45–66. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/1678

Edição

Seção

ARTIGOS