A EXPERIÊNCIA NARRATIVA E SUAS IMPLICAÇÕES NA CONSTRUÇÃO DO SABER POPULAR

Autores

  • Alexandre Mariotto Botton

Resumo

A partir de um levantamento prévio sobre recontos estrangeiros publicados no Brasil,percebeu-se que, desde meados da década passada pelo menos, houve no Brasil significativa publicação de coletâneas de narrativas de origem popular oriundas de diversas partes do mundo, geralmente reunidas em torno de um tema comum e destinadas ao público infanto-juvenil. As temáticas destas coletâneas concentram-se basicamente em torno de dois eixos: um diz respeito às relações entre o ser humano e a natureza e destaca a necessidade de reestabelecer uma harmonia há tempos perdida, ao passo que o outro alude às questões culturais de cada povo, sobretudo quando estas se referem a valores morais. Diante desse quadro, este ensaio pretende analisar os saberes sedimentados nestas narrativas e que às tornam simultaneamente ancestral e atual. Para tanto utilizaremos como fundamento as teorias do filósofo e literato Walter Benjamin, seus ensaios sobre a narrativa e o narrador, seu conceito de experiência e seus trabalhos sobre o livro infantil. Utilizaremos também trabalhos de comentadores que atualizam e ampliam as discussões acerca da importância da experiência de vida e sua expressão na narrativa popular.

Downloads

Como Citar

Botton, A. M. (2018). A EXPERIÊNCIA NARRATIVA E SUAS IMPLICAÇÕES NA CONSTRUÇÃO DO SABER POPULAR. Revista Alere, 16(2), 67–84. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/2977

Edição

Seção

ARTIGOS