PROGRAMAS DE INCENTIVO À LEITURA NO BRASIL: UMA ANÁLISE DO PNLD LITERÁRIO 2020

Autores

  • Felipe Eversom Camargo Pontes

Resumo

Há pelo menos quarenta anos discute-se a chamada “crise de leitura” no Brasil. Tal problemática pode estar associada a um falho espraiamento da educação pelo país. Cientes desse problema, os dirigentes da educação brasileira têm lançado diversos programas, ao longo dos anos, visando à melhoria nos índices de leitura entre os jovens, determinando a árdua tarefa aos professores - sobretudo os de Língua Portuguesa - por mais que os documentos oficiais, como PCN, defendam que a leitura seja uma atividade transdisciplinar e que, portanto, deve ser “exercitada” em todas as disciplinas do currículo básico. Nesse sentido, esta pesquisa tem por objetivo apresentar uma breve contextualização acerca dos programas de incentivo à leitura desenvolvidos no Brasil, atendo-se a um dos mais recentes, e talvez maiores, que é o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), em sua versão chamada “PNLD Literário”, que visa a
distribuição de obras às escolas públicas brasileiras. Assim, analisaremos o último edital lançado, para distribuição de livros no ano de 2020, observando os critérios adotados para a seleção.

Downloads

Publicado

09/09/2020

Como Citar

Pontes, F. E. C. (2020). PROGRAMAS DE INCENTIVO À LEITURA NO BRASIL: UMA ANÁLISE DO PNLD LITERÁRIO 2020. Revista Alere, 21(1), 251–270. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/4846

Edição

Seção

ARTIGOS DO DOSSIÊ TEMÁTICO