TEIA CONCISA: FORMAS BREVES E HÍBRIDAS NAS LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

Autores

  • MARINEI ALMEIDA
  • VERA MAQUÊA

Palavras-chave:

poesia, narrativa, poema em prosa, poéticas da brevidade

Resumo

A economia das palavras e a capacidade de
síntese são traços marcantes de certas escritas modernas
e contemporâneas. A literatura, sempre atenta à
velocidade do tempo e às consequentes modificações no

mundo atual, ocupa uma importante função, estética e
política, de antecipar e acompanhar esses movimentos,
por isso a brevidade da forma é uma característica
significativa presente em alguns gêneros literários como
o conto e a poesia. Essa tendência acaba por trazer novos
desafios para se pensar o cânone literário e a inclusão de
obras da produção recente. Assim, esse texto apresenta
uma reflexão com o objetivo de problematizar tais
questões ao expor uma leitura de algumas produções de
autores de países de língua portuguesa.

Downloads

Publicado

16/10/2021

Como Citar

ALMEIDA, M., & MAQUÊA, V. (2021). TEIA CONCISA: FORMAS BREVES E HÍBRIDAS NAS LITERATURAS DE LÍNGUA PORTUGUESA. Revista Alere, 22(2), 343–360. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/5903

Edição

Seção

ARTIGOS