DIÁLOGOS POSSÍVEIS ENTRE O ROMANCE DE GADOS E HOMENS, DE ANA PAULA MAIA E O CONTO PAI CONTRA MÃE, DE MACHADO DE ASSIS

Autores

  • WAGNER PEREIRA DE SOUZA

Palavras-chave:

Intertextualidade. Romance. Conto. Humanismo. Ana Paula Maia, Machado de Assis.

Resumo

Este trabalho apresenta uma análise
intertextual como diálogo entre o romance “De
gados e homens”, de Ana Paula Maia e o conto “Pai
contra mãe”, de Machado de Assis. Nesse sentido são
analisadas algumas convergências e correspondências.
Dentre essas ocorrências, a personagem, Edgar Wilson,
no romance, possui características que são evidentes
também em Cândido Neves, figura dinâmica do conto.
Em torno disso, a temática da morte se apresenta, sendo
a prática dela considerada ato justificável com base
em valores individuais das personagens. Questiona-se
também sobre o humano, seria ele superior aos animais?
Se sim ou não, por que age como um deles? Juntamente
a esses fatores, a miséria humana desempenha um papel
fundante, em ambas as obras. A miséria existe de maneira
implícita e explícita, contribui para o desfecho da ação
de matar que consome personagens em nome do que se
julga correto. A partir de vários teóricos são utilizados
como Bakhtin (2000); Adorno (1970); Foucault (1974);
Tugnoli (2020), entre outros, essa abordagem propõe
um diálogo entre o romance e o conto.

Downloads

Publicado

16/10/2021

Como Citar

PEREIRA DE SOUZA, W. (2021). DIÁLOGOS POSSÍVEIS ENTRE O ROMANCE DE GADOS E HOMENS, DE ANA PAULA MAIA E O CONTO PAI CONTRA MÃE, DE MACHADO DE ASSIS. Revista Alere, 22(2), 457–474. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/5910

Edição

Seção

ARTIGOS