Perfil hídrico e consumo de suplementos por frequentadores de academias/ Water profile and consumption of supplements by academics/ Perfil hídrico y consumo de suplementos por frecuentadores de gimnasios

Autores

  • Alan Talles Botelho Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.
  • Enio Pereira Soares Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.
  • Vanessa Santos Silva Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.
  • Letícia Josyane Ferreira Soares Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG.
  • Luana Lemos Leão Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES.
  • Priscila Avelar Monteiro Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes
  • Suzy Alice Souza Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.
  • Aline Fernandes de Souza Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.
  • Fernanda Gabriele Santos Rocha Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.
  • Paula Karoline Soares Farias Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Palavras-chave:

Academias de Ginástica, Exercício, Suplementos Nutricionais.

Resumo

Objetivo: avaliar o perfil hídrico e o consumo de suplementos de pessoas fisicamente ativas inseridas em academias da cidade Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Método: Trata-se de estudo transversal, realizado com praticantes de atividade física, em 2018. Participaram da pesquisa 200 pessoas, maiores de 20 anos, de ambos os sexos, frequentadores de academias. Realizou-se a avaliação nutricional dos participantes, com aplicação de questionário estruturado, contendo questões relacionadas à prática de atividade física, ingestão hídrica e uso de suplementos alimentares. Resultados: dentre os participantes, 52,5% era do sexo feminino e 65% estavam com peso adequado. Verificou-se que a 71% da população estuda consumia mais que dois litros de água por dia. Dentre os praticantes de atividade física, 60,5% e 99% não faziam o uso de suplementos e anabolizantes, respectivamente. Além disso, 96% não utilizavam ergogênicos. Conclusão: este estudo demonstrou que a população estudada possui ingestão adequada de água e baixo consumo de suplementos, anabolizantes e ergogênicos.

Biografia do Autor

Alan Talles Botelho, Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.

Nutricionista pelas Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.

Enio Pereira Soares, Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.

Nutricionista pelas Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.

Vanessa Santos Silva, Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.

Nutricionista pela Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.

Letícia Josyane Ferreira Soares, Universidade Federal de Minas Gerais -UFMG.

Mestranda em Produção Animal - UFMG
Especialista em NUtrição Clinica e Desportiva - FASI
Especialista em Metodologia e Didática no Ensino Superior - UNIMONTES

Luana Lemos Leão, Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES.

Doutoranda em Ciencias da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES. Mestre em Produção Animal na linha de Tecnologia de Alimentos de Origem Animal pela Universidade Federal de Minas Gerais (2016). Bacharel em Nutrição pela Faculdade de Saúde Ibituruna.

Priscila Avelar Monteiro, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Nutricionista pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM. Mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes.

Suzy Alice Souza, Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.

Nutricionista pela Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.

Aline Fernandes de Souza, Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE.

Farmacêutica pelas Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE. Mestranda em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES.

Fernanda Gabriele Santos Rocha, Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.

Acadêmica pela Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.

Paula Karoline Soares Farias, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Doutoranda em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES.  Mestre em Produção Animal na linha de Tecnologia de Alimentos de Origem Animal pela Universidade Federal de Minas Gerais (2016). Especialista em Nutrição Clínica pelo Centro Educacional São Camilo (Belo Horizonte - 2015). Bacharel em Nutrição pela Faculdade de Saúde Ibituruna (FASI - 2014). Atua como nutricionista na Secretaria Municipal de Educação de Montes Claros.

Referências

Costa WS. A avaliação do estado nutricional e hábitos alimentares de alunos praticantes de atividade física de uma academia d município de São Bento do Una – PE. Rev Bras Nutr Esp. 2012; 6(36):464-469.

Goston JL, Correia MI. Intake of nutritional supplements among people exercising in gyms and influencing factors. Nutr. 2010; 26(6): 604-611.

Moreira MAC, Gomes VCA, Garcia SE, Rodrigues COL. Hidratação durante o exercício: a sede é suficiente? Rev Bras Med Esporte. 2006; 12(6):405- 409.

Souza JÁ, Navarro F. Avaliação do perfil antropométrico e nutricional de atletas de futsal do clube Rio BrancoES. Rev Bras Nutr Esp. 2015; 9(50):111-119.

Lopes IR, Souza TPM, Quintão DF. Uso de suplementos alimentares e estratégias de perda ponderal em atletas de jiu-jitsu de Ipatinga-MG. Rev Bras Nutr Esp. 2014; 8(46):254- 263.

Hartmann C, Siegrist M. Benefit beliefs about protein supplements: A comparative study of users and nonusers. Appetite. 2016; 103:229-235.

Gracinao LC, Ferreira FG, Chapeta SMSV, Scolforo LB, Segheto W. Nível de conhecimento e prática de hidratação em praticantes de atividade física em academia. Rev Bras Nutr Esp. 2014; 8(45):146-155.

Loiola PC, Benetti MV, Durante JG, Frade RE, Viebig RF. Avaliação da porcentagem de perda de peso e taxa de sudorese após o treino de lutadores de uma academia no estado de São Paulo. Rev Bras Nutr Esp. 2015; 9(49):74-83

Frade RET, Viebig RF, Moreira ICLS, Fonseca DC. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de uma academia da cidade de São Paulo-SP. Rev Bras Nutr Esp. 2016; 10(55):50-58.

Ministério da Saúde (BR). Vigilância alimentar e nutricional – SISVAN: Orientações para a coleta de dados antropométricos em serviços de Saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2011.

World Health Organization. Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Geneva: WHO Technical Report Series; 1995.

Goston JL. Prevalência do uso de suplementos nutricionais entre praticantes de atividade física em academias de belo horizonte: fatores associados [dissertação]. Beo horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais; 2008. 74 p.

Oliveira CE, Sandoval TC, Silva JCS, Stulbach TE, Frade RET. Avaliação do consumo alimentar antes da prática de atividade física de frequentadores de uma academia no município de São Paulo em diferentes modalidades. Rev Bras Nutr Esp. 2013; 7(37):57-67.

Adam BO, Fanelli C, Souza ES, Stulbach TE, Monomi PY. Conhecimento nutricional de praticantes de musculação de uma academia da cidade de São Paulo. Rev Bras Nutr Esp. 2013; 2(2):24-36.

Uchoas GDS, Pires CR, Marin T. Hábitos alimentares de frequentadores de academias em Apucarana-PR. Rev Bras Nutr Esp. 2011; 5(30):530-540.

Brito IP. Considerações atuais sobre reposição hidroeletrolítica no esporte. Nutr Pauta. 2003; 62:48-52.

Peres N, Reis GC, Silva CC, Viebig RF, Mendonça RB. Interesse e conhecimentos básicos em nutrição dos praticantes de atividade física de uma academia da região norte do município de São Paulo. Rev Dig. 2009; 14(134):1-12.

Furtado MC, Garcia MJ, Gonçalves PJ, Viebig FR. Avaliação de hábitos e conhecimentos sobre hidratação de praticantes de musculação uma academia da cidade de São Paulo. Rev Dig. 2009; 14(133):1-10.

Ferreira FG, Alves K, Costa NMB, Santana AMC, Marins JCB. Efeito do nível de condicionamento físico e da hidratação oral sobre a homeostase hídrica em exercício aeróbico. Rev Bras Med Esporte. 2010; 16(3):166- 170.

Araújo LR, Andreolo J, Silva MS. Utilização de suplemento alimentar e anabolizante por praticantes de musculação nas academias de Goiânia-GO. Rev bras ciênc mov. 2002; 10(3):13-18.

Neto TLB. A Controvérsia dos Agentes Ergogênicos: Estamos Subestimando os Efeitos Naturais da Atividade Física? Arq bras endocrinol metab. 2001; 45(2):121-122.

Freitas A, Evangelista AL, Lopes CR, Silva AKS, Lima AV, Freitas ESF. Uso de suplementos ergogênicos em praticantes de atividades esportivas na cidade de Teresina-PI. Rev Bras Nutr Esp. 2013; 7(40):246-252.

Dal Pizzol TDS, Branco MMN, Carvalho RMAD, Pasqualotti A, Maciel EN, Migott AMB. Non-medical use of psychoactive medicines among elementary and high school students in Southern Brazil. Cad Saúde Pública. 2006; 22(1):109-115.

Mineiro L, Silva JC, Machado Júnior O, Rocha RE. Uso de esteroides por frequentadores de academias de musculação na cidade de CaçadorSC. Rev bras prescrição fisiol exercício. 2015; 9(53):321-327.

Silva Junior SHA. Morbidade hospitalar por ingestão de esteroides anabólico-androgênicos (EAA) no Brasil. Rev Bras Med Esporte. 2013; 19(2):108-111.

Tavares FAG, Suffredini TS, Oliveira CCES, Biagini AP, Oliveira NML. Atuação dos esteróides anabolizantes na regeneração musculoesquelética. Arq Ciências Saúde UNIPAR. 2008; 15(3):145-149.

Saidi O, Ayed IB-B, Benzarti A, Duchéa P, Serairi R. Intake of carbohydrate-protein supplements by recreational users at gyms: Body composition improved?. Sci sports. 2018; 33:141-149.

Downloads

Publicado

01/06/2019

Como Citar

Botelho, A. T., Soares, E. P., Silva, V. S., Soares, L. J. F., Leão, L. L., Monteiro, P. A., Souza, S. A., de Souza, A. F., Rocha, F. G. S., & Farias, P. K. S. (2019). Perfil hídrico e consumo de suplementos por frequentadores de academias/ Water profile and consumption of supplements by academics/ Perfil hídrico y consumo de suplementos por frecuentadores de gimnasios. Journal Health NPEPS, 4(1), 258–268. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/3344

Edição

Seção

Artigo Original/ Original Article/ Artículo Originale

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)