Maturidade em gerenciamento de projetos na administração pública: o caso da Fiocruz Brasília/ Maturity in project management in the public administration: the case of fiocruz Brasília/ Maturidad en administración de proyectos en la administración...

Autores

Palavras-chave:

GPolítica Pública, Projetos, Avaliação de Programas e Projetos de Saúde.

Resumo

Objetivo: verificar o nível de maturidade em gerenciamento de projetos da Fiocruz Brasília, e verificar o seu status em relação às demais unidades Fiocruz. Método: tratase de um estudo com abordagem qualitativa do tipo exploratória, com amostragem não probabilística por conveniência e julgamento, realizado no período de setembro a novembro de 2017, com aplicação de questionário eletrônico específico. Os dados foram organizados e tabulados em um banco de dados constante em planilhas do software Excel. Resultados: Os resultados obtidos indicam que na mostra de unidades pesquisadas, o nível de maturidade da Fiocruz Brasília foi de 2,2, valor compatível com a última pesquisa nacional realizada sobre o nível de maturidade em gerenciamento de projetos em organizações públicas e privadas. Conclusão: Entretanto, os dados obtidos indicam uma oportunidade de melhoria contínua das práticas de Gerenciamento de Projetos realizadas na unidade, em busca da disseminação da cultura de projetos na unidade, de forma a contribuir à formulação de um modelo integrado de gestão de projetos de ciência, tecnologia e inovação em Saúde para a Fiocruz.

Referências

Junqueira MADR, Bezerra RCR, Passador CS. O escritório de gestão de projetos de pesquisa como uma inovação organizacional nas universidades. Rev GEINTEC. 2015; 5(1):1835-1849.

Kenny J. Effective Project Management for Strategic Innovation and Change in an Organizational Context. Proj Manag J. 2003; 34(1):43–53.

Brasil. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Secretaria de Gestão. Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização – GesPública [Internet]; In: Prêmio Nacional da Gestão Pública – PQGF; Documento de Referência; Fórum Nacional 2008-2009. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. Brasília: MP; 2009.

Brasil. Fundação Oswaldo Cruz. Perfil Institucional [Internet]. [Acesso em: 24 nov. 2016]. Disponível em: <http://portal.fiocruz.br/ptbr/content/perfil-institucional>.

Carvalho MM, Rabechini Júnior R. Fundamentos em gestão de projetos: construindo competências para gerenciar projetos. São Paulo: Atlas; 2011.

PMI Institute Project . Um Guia do Conhecimento de Projetos (Guia PMBoK). Newtown Square: Project Management Institute; 2013.

Kerzner H. Gestão de projetos: as melhores práticas. Porto Alegre: Bookman; 2006.

Carneiro M. PMO no Setor Público. In: Barcaui A. PMO: escritório de projetos, programas e portfólio na prática. Rio de Janeiro: Brasport; 2012.

Alvarenga GB. Gerenciamento de Projeto, Programa e Portfólio. Lavras: UFLA-FAEPE; 2008.

Barcaui A. PMO: escritório de projetos, programas e portfólio na prática. Rio de Janeiro: Brasport; 2012.

Crawford JK. The strategic Project office. Nova Iorque: Marcel Dekker; 2002.

Prado D, Oliveira W. Maturidade em Gerenciamento de Projetos: relatório 2014 – Parte A: Indicadores [internet]. [Acesso em: 27 fev. 2018]. Disponível em: http://www.maturityresearch.com/n ovosite/2014/download/1Global/Rela torioMaturidade2014-Global-Parte-AIndicadores.pdf.

Prado D, Andrade CE. Governo: Administração e Direita e Indireta: relatório 2014 – Parte A: Indicadores [internet]. [Acesso em: 27 fev. 2018]. Disponível em: http://www.maturityresearch.com/n ovosite/2014/download/2Governo/Rel atorioMaturidade2014-Governo-ParteA-Indicadores.pdf.

Downloads

Publicado

01/06/2019

Como Citar

Henriques Patrício, R. A., & Silvestre Fernandes Neto, J. A. (2019). Maturidade em gerenciamento de projetos na administração pública: o caso da Fiocruz Brasília/ Maturity in project management in the public administration: the case of fiocruz Brasília/ Maturidad en administración de proyectos en la administración. Journal Health NPEPS, 4(1), 269–281. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/3350

Edição

Seção

Artigo Original/ Original Article/ Artículo Originale