Produção de conhecimento em enfermagem de reabilitação portuguesa - scoping review/ Knowledge production in portuguese rehabilitation nursing – scoping review/ Producción de conocimiento en enfermería de rehabilitación portugués - scoping review

Autores

Palavras-chave:

Reabilitação, Enfermagem em Reabilitação, Enfermagem.

Resumo

Objetivo: mapear a produção de conhecimento em enfermagem de reabilitação em periódicos nacionais e internacionais. Método: revisão do tipo scoping, com base nos princípios preconizados pelo “Joanna Briggs Institute”. Os estudos foram extraídos com base nos critérios de inclusão e exclusão. Foram considerados como critérios de inclusão as publicações em periódicos nacionais e internacionais de autoria ou coautoria de enfermeiros portugueses, sem limites temporais. Foram excluídos os documentos cujo foco de intervenção não fosse a enfermagem de reabilitação. Resultados: foram considerados 29 estudos publicados entre 1979 e 2018, sendo possível identificar três áreas temáticas relevantes: Transições Saúde-doença, Promoção Saúde e Qualidade em Enfermagem de Reabilitação. Os resultados fundamentam a área de intervenção do enfermeiro de reabilitação mais evidente no âmbito das transições saúde-doença. Conclusão: apesar do aumento da publicação científica nos últimos três anos sobre essa temática, envolvendo a enfermagem de reabilitação, é necessário continuar desenvolvendo estudo nesse campo, a fim de fortalecer as evidências sobre esse cuidado de saúde.

Biografia do Autor

Carla Sílvia Fernandes, Escola Superior de Saúde- Universidade Fernando Pessoa

Pós-doutorada pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, Doutorada em Ciências de Enfermagem pelo ICBAS, possui o título de especialista, é especialista em Enfermagem de Reabilitação e enfermeira desde 1996. Publicou 37 artigos em revistas especializadas e 20 trabalhos em actas de eventos, possui 3 livros publicados. 

Referências

Lino M, Backes VM, Costa M, Lino M. Influências capitalistas na produção do conhecimento em enfermagem. Rev gaúch enferm. 2017; 38(1):e61829.

Smith DR. A longitudinal analysis of bibliometric and impact factor trends among the core international journals ofnursing, 1977–2008. J nurs stud. 2010; 47(12):1491–1499.

Dardas LA, Woodward A, Scott J, Xu H, Sawair FA. Measuring the Social Impact of Nursing Research: An Insight into Altmetrics. J Adv Nurs. 2018.

Uysal TA, Hamaratç?lar G, Tülü B, Erkin Ö. Nursing students’ attitudes toward research and development within nursing: Does writing a bachelor thesis make a difference? Int J Nurs Pract . 2017; 23(2).

International Council of Nurses. International Nurses’ Day Kit, Closing the gap: from evidence to action. 2012. Available from: http://www.old.icn.ch/publica tions/2012-closing-the-gapfrom-evidence-to-action/

Ordem dos Enfermeiros (OE). Regulamento dos padrões de qualidade dos cuidados especializados em enfermagem de reabilitação. Lisboa; 2011.

Ordem dos Enfermeiros (OE). Áreas investigação prioritárias para a especialidade de enfermagem de reabilitação. Lisboa: Ordem dos Enfermeiros; 2014.

MacDonell CM, Mauk KL. Where in the world is rehabilitation nursing? Rehabil Nurs . 2017; 42(4):173-174.

Spasser MA, Weismantel A. Mapping the literature of rehabilitation nursing. J Med Libr Assoc. 2006; 94(1):137- 142.

Lehman C. The Specialty Practice of Rehabilitation Nursing: A Core Curriculum. Association of Rehabilitation Nurses, 2017.

Vaughn S, Mauk KL, Jacelon CS, Larsen PD, Rye J, Wintersgill W, et al. The Competency Model for Professional Rehabilitation Nursing. Rehabil Nurs. 2016; 41(1):33–44.

Abou-Setta AM, Jeyaraman MM, Attia A, Al-Inany HG, Ferri M, et al. Correction: Methods for Developing Evidence Reviews in Short Periods of Time: A Scoping Review. PLOS ONE. 2017; 12(2): e0172372.

Munn Z, Peters MDJ, Stern C, Tufanaru C, McArthur A, Aromataris E. Systematic review or scoping review? Guidance for authors when choosing between a systematicor scoping review approach. BMC Med Res Methodol. 2018; 18(1):143.

Peters M, Godfrey C, McInerney P, Soares CB, Khalil H, Parker D. Methodology for jbi scoping reviews. In Aromataris E, editor, The Joanna Briggs Institute Reviewers manual 2015. South Australia: The Joanna Briggs Institute; 2015.

Amaral MT. Encontrar um novo sentido da vida: um estudo explicativo da adaptação após lesão medular. Rev Esc Enferm USP. 2009; 43(3): 573-580.

Azevedo P, Gomes B. Efeitos da mobilização precoce na reabilitação funcional em doentes críticos: uma revisão sistemática. Referência. 2015; (5):129-138.

Cardoso T, Martins MM, Monteiro MC. Unidade de cuidados na comunidade e promoção da saúde do idoso: um programa de intervenção. Referência. 2017; (13):103-114.

Castro P, Martins MM, Couto G, Reis MG. Terapia por caixa de espelho e autonomia no autocuidado após acidente vascular cerebral: programa de intervenção. Referência. 2018;(17): 95-106.

Cruz, A, Tosoli-Gomes, AM, Parreira, PM, de Oliveira, DC. Translation and transcultural adaptation of the hospitalized elderly needs awareness scale (henas) for the portuguese language (brazil and portugal). Aquichan. 2017; 17(4):425-436.

Faria A, Martins MM, Dornelles S, Oliveira L. Care path of person with stroke: from onset to rehabilitation. Rev bras enferm. 2017; 70(3):495–503.

Ferreira AM, Pierdevara L, Ventura IM, Brito AM, Franco JM, Mendonça MG. The Gugging Swallowing Screen: A contribution to the cultural and linguistic validation for the Portuguese context. Referência. 2018; 4(16):85–92.

Pereira RS, Martins MM, Gomes B, Schoeller S, Laredo-Aguilera JA, Ribeiro I, et al. Municipalities and the promotion of architectural accessibility. Referência. 2018; 4(18):29–38.

Fernandes CS, Martins T, SilvaRocha N, Mendes M. “Jogo da postura”: programa deintervenção de enfermagem em crianças. Aquichan. 2017; 17(2):195-203.

Fonseca C, Correia J, Lopes M, Mendes F, Mendes D, Marques C, et al. Contributions to the ontology of aging, the sensitive indicators of rehabilitation nursing care, in terms of selfcare, in people with respiratory disorders. Paper presented at the Iberian Conference on Information Systems and Technologies. CISTI; 2018. https://doi.org/10.23919/CISTI .2018.8399237

Fonseca C, Carretas N, Mendes D, Lopes M, Mendes F, Marques C, et al. A proposal of sensitive indicators of the rehabilitation nursing care of people in the surgical process, to be included in the ontology of aging. Paper presented at the Iberian Conference on Information Systems and Technologies. CISTI; 2018. https://doi.org/10.23919/CISTI .2018.8399232

Fonseca C, Lista A, Lopes M, Mendes F, David Mendes P, Marques C, et al. Dependence in self-care with comorbidity, indicators of nursing care and contributions to an ontology of aging: Systematic review of the literature. Paper presented at the Iberian Conference on Information Systems and Technologies. CISTI; 2018. https://doi.org/10.23919/CISTI .2018.8399236

Fumincelli L, Mazzo A, Martins JC, Henriques F, Orlandin L. Quality of life of patients using intermittent urinary catheterization. Rev latinoam enferm. 2017; 25 (1): 2906- 2910.

Gomes B. Contributos da formação para o desenvolvimento de competências na área de enfermagem de reabilitação. Texto & contexto enferm. 2006; 15(2):193-204.

Gomes JA, Martins MM, Gonçalves M, Fernandes CS. Enfermagem de reabilitação: percurso para a avaliação da qualidade em unidades de internamento. Referência. 2012; (8):29-38.

Mendes RM, Nunes ML, Pinho JÁ, Rodrigues Gonçalves RB. Organization of rehabilitationcare in Portuguese intensive care units. Rev bras ter intensiv. 2018; 30(1), 57–63.

Gouveia BR, Gouveia ÉR, Ihle A, Jardim HG, Martins MM, Freitas DL, et al. The effect of the ProBalance Programme on health-related quality of life of community-dwelling older adults: A randomised controlled trial. Arch gerontol geriatr. 2018; 74:26–31.

Gouveia BR, Jardim HG, Martins MM, Gouveia ÉR, Freitas DL, Maia JA, et al. An evaluation of a nurse-led rehabilitation programme (the ProBalance programme) to improve balance and reduce fall risk of community-dwelling older people: A randomised controlled trial. Int j nurs stud. 2016; 56:1-8.

Gouveia B, Jardim H, Martins MM. Cinesioterapia em Reabilitação Gerontológica: uma análise da literatura. Referência. 2013; (11):133- 142.

Luís ML. [The rehabilitation nurse and the hemiplegic patient]. Acta med port. 1979; 1(2):279–289.

Malheiro MI, Gaspar MF, Barros L. Training CAMP: Effects of an educational program for selfmanagement, on adolescents with spina bifida. Acad Strat Manag J. 2017; 16(2).

Nunes H, Queirós PJ. Doente com acidente vascular cerebral: planeamento de alta, funcionalidade e qualidade de vida. Rev bras enferm. 2017; 70(2):415-423.

Rodrigues CP, Dias FM. Quality of life of patients with multiple sclerosis and urinary disorders: validation of Qualiveen. Referência. 2018; 4(18):103– 111.

Rosa NR, Lopes M. Sensorimotor Rehabilitation Nursing in Neonatal Intensive Care Units: Integrative Literature Review. Referência. 2015; 4(7):139–147.

Prado ARA, Ramos RL, Ribeiro OM, Figueiredo N, Martins MM, Machado W. Bath for dependent patients: Theorizing aspects of nursing care in rehabilitation. Rev bras enferm. 2017; 70(6):1337-1342.

Preto L, Gomes J, Novo A, Mendes MER, Granero-Molina J. Efeitos de um Programa deEnfermagem de Reabilitação na Aptidão Funcional de Idosos Institucionalizados. Referência. 2016; servIV(8):55-63.

Garcia CI, Araújo T. Impact of self-care modeling videos on people with spinal cord injury. Referência. 2016; 4(9):57–64.

Preto LS, Morgado F, Rodrigues ME, Pinto A. Quality of life and health of people undergoing median nerve decompression surgery. Referência. 2015; (5):101–108.

Fernandes CS, Magalhães BM, Santos C, Martínez Galiano JM. Walking as an intervention during chemotherapy: integrative review. Referência. 2018; (17):118–130.

Meleis A. Theoretical Nursing: Development & Progress. Philadelphia: Wolters Kluwer Health/ Lippincott Williams & Wilkins; 2012.

Downloads

Publicado

01/06/2019

Como Citar

Fernandes, C. S., Gomes, J. A., Magalhães, B. M., & Lima, A. M. N. (2019). Produção de conhecimento em enfermagem de reabilitação portuguesa - scoping review/ Knowledge production in portuguese rehabilitation nursing – scoping review/ Producción de conocimiento en enfermería de rehabilitación portugués - scoping review. Journal Health NPEPS, 4(1), 282–301. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/3378

Edição

Seção

Artigo de Revisão/ Review Article/ Artículo de Revisión

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)