Influência da laserterapia na dor, flexibilidade e força de preensão palmar em mulheres com fibromialgia/ Influence of laser therapy on pain, flexibility and handgrip strength in women with fibromyalgia/ Influencia de terapia con láser en dolor, flexibilidad y fuerza de agarre en mujeres con fibromialgia

Autores

  • Maryanna Freitas Alves Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Ana Bárbara de Brito Silva Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Kemilly Gonçalves Ferreira Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Bruna Giovanna Ramos Cruz Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Lara Cândida de Sousa Machado Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Maria Carolina Marciano Campos de Souza Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Marcelo Gomes Judice Universidade de Rio Verde - UniRV
  • Renato Canevari Dutra da Silva Universidade de Rio Verde - UniRV

Palavras-chave:

Fibromialgia, Terapia a Laser, Pontos-Gatilho, Flexibilidade

Resumo

Objetivo: investigar a influência da laserterapia de baixa potência na dor, flexibilidade da coluna lombar e força muscular de preensão palmar em mulheres com fibromialgia. Método: este estudo é um ensaio clínico de natureza quali-quantitativa desenvolvido no município de Rio Verde, Goiás. Inicialmente 30 mulheres com fibromialgia foram previamente selecionadas para o estudo com tratamento a laser, porém apenas 19 fizeram todas as sessões de laserterapia. Além disso, essas mulheres responderam um questionário com dados pessoais, e foram analisadas pela Escala Visual Analógica de dor, Teste de Schober e Teste de força muscular de preensão palmar. Resultados:  a quantidade de pontos dolorosos (p=0,002) e a Escala Visual Analógica de dor (p=0,03) diminuíram após tratamento com laser, a força muscular nos membros superiores esquerdo (p=0,053) e direito (p=0,041) aumentou após a terapia. Para o Teste de flexibilidade Schober (p=0,075) não houve alteração estatística significativa. Conclusão: a laserterapia se mostrou eficaz para o tratamento da fibromialgia principalmente no que se refere a dor.

Biografia do Autor

Maryanna Freitas Alves, Universidade de Rio Verde - UniRV

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde - UniRV

Ana Bárbara de Brito Silva, Universidade de Rio Verde - UniRV

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde - UniRV

Kemilly Gonçalves Ferreira, Universidade de Rio Verde - UniRV

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde - UniRV

Bruna Giovanna Ramos Cruz, Universidade de Rio Verde - UniRV

Acadêmica da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde - UniRV

Lara Cândida de Sousa Machado, Universidade de Rio Verde - UniRV

Mestra em Ciências Ambientais e da Saúde pela PUC-Goiás (2012). Pós Graduada em Educação Profissional na Área de Saúde: Enfermagem pela UFG/FIOCRUZ (2003). Graduação em ENFERMAGEM E OBSTETRÍCIA pela PUC-Goiás (2000). Atualmente é professora da UNIVERSIDADE DE RIO VERDE/UNIRV na Faculdade de Medicina (FAMERV) , ministrando as seguintes disciplinas: Medicina Interdisciplinar em Saúde Coletiva (MISCO I, II, III, IV, V , VI, VII e VIII). Atual participante do Conselho Científico do Corpo Editorial da Revista de Experiências Anômalas (ISSN: 2595-4776). Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem de Saúde Pública, Docência Universitária, Epidemiologia, Saúde Coletiva, Saúde Ambiental, Doenças Transmissíveis e Gestão Administrativa dos serviços de saúde. 

Maria Carolina Marciano Campos de Souza, Universidade de Rio Verde - UniRV

Mestre em Saude Coletiva pelo Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), possui graduação pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (2009).Residência em pediatria (2013) pelo Hospital Federal de Bonsucesso- RJ. Atualmente é médica pediatra - Clinica CEM.Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Pediatria. Docente Efetiva da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde como Professora Assistente I desde 2017.

Marcelo Gomes Judice, Universidade de Rio Verde - UniRV

Possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Lavras (1997) e mestrado em Estatística e Experimentação Agropecuária pela Universidade Federal de Lavras (2000). Atualmente é Professor Adjunto III da Universidade de Rio Verde. Tem experiência na área de Probabilidade e Estatística, com ênfase em Estatística Experimental, atuando principalmente nos seguintes temas: coeficiente de variação, precisão experimental, experimentação com animais.

Renato Canevari Dutra da Silva, Universidade de Rio Verde - UniRV

Doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) em andamento, possui graduação em Fisioterapia pelas Faculdades Integradas de Santa Fé do Sul (2002), Especialização em Fisioterapia Cardiovascular e Respiratória pelo Centro Universitário do Triângulo (2004), em Terapia Intensiva pela AVM Faculdade Integrada (2016) e em Anatomia Funcional pela Faculdade Unyleya (2017), Mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (2007). Atualmente é Fisioterapeuta do Hospital Municipal Universitário de Rio Verde e Professor Adjunto da Universidade de Rio Verde - UniRV. Tem experiência na área de Fisioterapia com ênfase em Cardiovascular, Respiratória e Terapia Intensiva; na Docência na área de Fisioterapia Respiratória, Exames Complementares, Anatomia, Neuroanatomia e Fisiologia Humana.

Referências

Gelves M, Barceló E, Orozco E, Román N, Allegri R. Síntomas afectivo-conductuales y estrategias de afrontamiento del dolor en pacientes con fibromialgia. Salud Uninorte. 2017; 33(3):285–95.

Honda Y, Sakamoto J, Hamaue Y, Kataoka H, Kondo Y, Sasabe R, et al. Effects of Physical-Agent Pain Relief Modalities for Fibromyalgia Patients: A Systematic Review and Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials. Pain Res Manag. 2018; 2018:2930632.

Costa I da S, Gamundí A, Miranda JGV, França LGS, de Santana CN, Montoya P. Altered functional performance in patients with fibromyalgia. Front Hum Neurosci. 2017; 11(January):1–9.

Poluha RL, Grossmann E. Does pregabalin improve sleep disorders in fibromyalgia? Brazilian J Pain. 2018; 1(2):163–6.

Mazo JPS, Estrada MG. Implications of chronic pain on the quality of life of women with fibromyalgia. Psicol em Estud. 2018; 23:81–91.

Souza JB, Perissinotti DMN. The prevalence of fibromyalgia in Brazil – a population-based study with secondary data of the study on chronic pain prevalence in Brazil. Brazilian J Pain. 2018; 1(4):345–8.

Teodoro T, Edwards MJ, Isaacs JD. A unifying theory for cognitive abnormalities in functional neurological disorders, fibromyalgia and chronic fatigue syndrome: Systematic review. J Neurol Neurosurg Psychiatry. 2018; 1308–19.

Sanctis V, Abbasciano V, Soliman AT, Soliman N, Di Maio S, Fiscina B, et al. The juvenile fibromyalgia syndrome (JFMS): A poorly defined disorder. Acta Biomed. 2019; 90(1):134–48.

Okan S, Türk AÇ, ?ivgin H, Özsoy F, Okan F. Association of ferritin levels with depression, anxiety, sleep quality, and physical functioning in patients with fibromyalgia syndrome: A cross-sectional study. Croat Med J. 2019; 60(6):515–20.

Karras S, Rapti E, Matsoukas S, Kotsa K. Vitamin D in fibromyalgia: A causative or confounding biological interplay? Nutrients. 2016; 8(6).

Skarpsno ES, Nilsen TIL, Sand T, Hagen K, Mork PJ. The joint effect of insomnia symptoms and lifestyle factors on risk of self-reported fibromyalgia in women: Longitudinal data from the HUNT Study. BMJ Open. 2019; 9(8):1–7.

Heymann RE, Paiva ES, Martinez JE, Helfenstein M, Rezende MC, Provenza JR, et al. Novas diretrizes para o diagnóstico da fibromialgia. Rev Bras Reumatol. 2017; 57(S 2):467–76.

Wolfe F, Walitt B, Perrot S, Rasker JJ, Häuser W. Fibromyalgia diagnosis and biased assessment: Sex, prevalence and bias. PLoS One. 2018; 13(9):1–14.

Oliveira LHS, Mattos RS, Castro JBP, Barbosa JSO, Chame F, Vale RGS. Effect of supervised physical exercise on flexibility of fibromyalgia patients. Rev Dor. 2017; 18(2):145–9.

Segura-Jiménez V, Estévez-López F, Soriano-Maldonado A, Álvarez-Gallardo IC, Delgado-Fernández M, Ruiz JR, et al. Gender differences in symptoms, health-related quality of life, sleep quality, mental health, cognitive performance, pain-cognition, and positive health in Spanish fibromyalgia individuals: The Al-Ándalus project. Pain Res Manag. 2016; 2016:5135176.

Briones-Vozmediano E. The social construction of fibromyalgia as a health problem from the perspective of policies, professionals, and patients. Glob Health Action. 2017; 10(1).

Gomides APM, Bezerra JC, do Rosário E Souza EJ, da Mota LMH, Santos-Neto LL. Work disability in fibromyalgia and other soft tissue disorders: analysis of preventive benefits in Brazil from 2006 to 2015. Adv Rheumatol (London, England). 2018; 58(1):13.

Gocevska M, Nikolikj-Dimitrova E, Gjerakaroska-Savevska C. Effects of high-intensity laser in treatment of patients with chronic low back pain. Open Access Maced J Med Sci. 2019; 7(6):949–54.

Tomazi FDP. Efeito da laserterapia de baixa intensidade em mulheres com diagnóstico de fibromialgia [monografia]. Araranguá: Universidade Federal de Santa Catarina, curso de graduação em fisioterapia; 2015. 16p.

Des Jarlais DC, Lyles C, Crepaz N, TREND Group. Improving the reporting quality of nonrandomized evaluations of behavioral and public health interventions: the TREND statement. Am J Public Health. 2004;94(3):361-6.

Souza RCV, Sousa ET, Oliveira Scudine KG, Meira UM, Silva EDO, Gomes ACA, et al. Low-level laser therapy and anesthetic infiltration for orofacial pain in patients with fibromyalgia: A randomized clinical trial. Med Oral Patol Oral Cir Bucal. 2018; 23(1):e65–71.

Villafaina S, Collado-Mateo D, Fuentes-García JP, Cano-Plasencia R, Gusi N. Impact of Fibromyalgia on Alpha-2 EEG Power Spectrum in the Resting Condition: A Descriptive Correlational Study. Biomed Res Int. 2019; 2019:7851047.

Harte SE, Ichesco E, Hampson JP, Peltier SJ, Schmidt-Wilcke T, Clauw DJ, et al. Pharmacologic attenuation of cross-modal sensory augmentation within the chronic pain insula. Pain. 2016; 157(9):1933–45.

Nascimento FR, Wensing RM, Silva SP. A relação das disfunções da articulação sacroilíaca com a mobilidade lombar. Rev Inspirar. 2019; 19(2):1-25.

Dias JA, Ovando AC, KülkampIII W, Borges Júnior NG. Força de preensão palmar: métodos de avaliação e fatores que influenciam a medida. Rev Bras Cineantropom desempenho Hum. 2010; 12(3):209–16.

Rivera J, Vallejo MA. Fibromyalgia is associated to receiving chronic medications beyond appropriateness: a cross-sectional study. Rheumatol Int. 2016; 36(12):1691–9.

Macfarlane GJ, Kronisch C, Dean LE, Atzeni F, Häuser W, Flub E, et al. EULAR revised recommendations for the management of fibromyalgia. Ann Rheum Dis. 2017; 76(2):318–28.

Tzadok R, Ablin JN. Current and emerging pharmacotherapy for fibromyalgia. Pain Res Manag. 2020; 2020:6541798.

Hirakata M, Yoshida S, Tanaka-Mizuno S, Kuwauchi A, Kawakami K. Pregabalin Prescription for Neuropathic Pain and Fibromyalgia: A Descriptive Study Using Administrative Database in Japan. Pain Res Manag. 2018; 2018:2786151.

Álvarez M, Álvarez P, Montes M, Castillo E, Andrade J. Fibromialgia. Avances en su tratamiento. Rev Cuba Reumatología. 2019; 21(2):1–8.

Murakami M, Osada K, Mizuno H, Ochiai T, Alev L, Nishioka K. A randomized, double-blind, placebo-controlled phase III trial of duloxetine in Japanese fibromyalgia patients. Arthritis Res Ther. 2015;17(1):1–13.

Kisselev SB, Moskvin SV. The use of laser therapy for patients with fibromyalgia: A critical literary review. J Lasers Med Sci. 2019; 10(1):12–20.

Tavares LF. Capacidade funcional entre mulheres com fibromialgia e saudáveis. [monografia]. Rio Grande do Norte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de ciências da Saúde em Enfermagem; 2016. 34 p.

Maciel DG. Efeitos de um programa de exercício funcional associada à terapia laser de baixa intensidade na dor, capacidade funcional e qualidade de vida em indivíduos com fibromialgia: ensaio clínico randomizado duplo-cego. [dissertação]. Rio Grande do Norte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de ciências da Saúde em Enfermagem; 2017. 69 p.

Schmidt K, Martins JCL, Martins FAS, Eltchechem CL, Silva LA. Avaliação antropométrica e fatores motivacionais de praticantes de hidroginástica e caminhada em Guarapuava, Paraná. J Health NPEPS. 2019; 4(1):123-131.

Larsson A, Palstam A, Bjersing J, Löfgren M, Ernberg M, Kosek E, et al. Controlled, cross-sectional, multi-center study of physical capacity and associated factors in women with fibromyalgia. BMC Musculoskelet Disord. 2018; 19(1):121.

Downloads

Publicado

03/12/2020

Como Citar

Alves, M. F., Silva, A. B. de B., Ferreira, K. G., Cruz, B. G. R., Machado, L. C. de S., Souza, M. C. M. C. de, Judice, M. G., & Silva, R. C. D. da. (2020). Influência da laserterapia na dor, flexibilidade e força de preensão palmar em mulheres com fibromialgia/ Influence of laser therapy on pain, flexibility and handgrip strength in women with fibromyalgia/ Influencia de terapia con láser en dolor, flexibilidad y fuerza de agarre en mujeres con fibromialgia. Journal Health NPEPS, 5(2). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/4777

Edição

Seção

Artigo Original/ Original Article/ Artículo Originale