Perfil epidemiológico, risco de agravamento e óbito por COVID-19 em cardiopatas no Brasil/ Epidemiological profile, risk of worsening and death by COVID-19 in patients with heart disease in Brazil/ Perfil epidemiológico, riesgo de empeoramiento y muerte por COVID-19 en pacientes con cardiopatía en Brasil

Autores

Palavras-chave:

Síndrome Respiratória Aguda Grave, COVID-19, Cardiopatias

Resumo

Objetivo: traçar o perfil epidemiológico de cardiopatas que contraíram COVID-19 no primeiro ano pandêmico. Método: estudo observacional, do tipo coorte retrospectiva. Foram incluídos cardiopatas com resultado de PCR positivo, de março a dezembro de 2020. Excluíram-se os registros com dados incompletos para as variáveis analisadas. Na análise bivariada, foram calculadas as razões de prevalência (com IC 95%) como medida de associação entre a variável dependente (cardiopatia) e as variáveis independentes (idade, sexo, escolaridade e zona de residência) empregando-se o teste do χ2 de Mantel Haenszel. Resultados: identificou-se associação com significância estatística em relação às variáveis faixa etária, sexo e escolaridade. O maior risco de ocorrer desfecho desfavorável, foi para a faixa etária acima de 70 anos (59,97%), seguido do intervalo de idade de 60 a 69 anos (38,31%), sexo masculino (45,28%) e escolaridade para o nível superior. Conclusão: evidenciou-se que os cardiopatas requerem maiores cuidados após o diagnóstico da doença, especialmente pelo fato deste grupo apresentar um maior índice de mortalidade.

Referências

Feitoza TO, Chaves AM, Muniz GS, Cruz MC, Júnior IC. Comorbidades e COVID-19: uma revisão integrativa. Interfaces. 2020; 8(3):711-723.

Khalil OAK, Khalil SS. SARS-CoV-2: taxonomia, origem e constituição. Rev Med. 2020; 99(5):473-9.

Costa IBSS, Bittar CS, Rizk SI, Araújo Filho AE, Santos KAQ, Machado TIV, et al. O Coração e a COVID-19: O que o Cardiologista Precisa Saber. Arq Bras Cardiol. 2020; 114(5):805-816.

Ferrari F. COVID-19: Dados Atualizados e sua Relação Com o Sistema Cardiovascular. J Braz Soc Cardiol. 2020; 114(5):823-826.

Feitosa G, Barbosa P, Feitosa Filho G. COVID-19 e o Coração. Rev Científica Hospital Santa Izabel. 2020; 4:77-88.

Silva DF, Oliveira MLC. Epidemiologia da COVID-19: comparação entre boletins epidemiológicos. Com Ciênc Saúde. 2020; 31:61-74.

Ministério da Saúde (BR). Boletim epidemiológico especial: doença pelo novo coronavírus COVID-19. Brasília: Ministério da Saúde; 2021. URL: https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/boletins/boletins-epidemiologicos/covid-19/2022/boletim-epidemiologico-no-95-boletim-coe-coronavirus.pdf

Egidio AN, Campos BN, Junqueira CF, Martins FR, Júnior JF, Rodriges JF, et al. Implicações Cardiovasculares na Covid-19: uma revisão sistemática. Braz J Devel. 2020; 6:82111-82128.

Ferreira MG, Munareto MLB, Almeida KKFSG, Tavares LC, Furtado GA, Bianchet KJ, et al. Fatores preditores para internação de UTI de pacientes com Covid-19. Covid 19: a doença que movimentou a ciência. Capítulo 12. Edição 4. Editora Pasteur.

Rod J, Oviedo-Trespalacios O, Cortesramirez J. A brief-review of the risk factors for covid19 severity. Rev Saúde Pública. 2020; 54(60):1-11.

Rocco I, Gomes WJ, Viceconte M, Bolzam DW, Moreira RS, Arena R, et al. Cardiovascular involvement in COVID19: not to be missed. Braz J Cardio Surg. 2020; 8(4):1-9.

Askin L, Tanriverdi O, Askin HS. O efeito da Doença de Coronavírus 2019 nas Doenças Cardiovasculares: Artigo de Revisão. Arq Bras Cardiol. 2020; 114(5):817-822.

Costa JA, Silveira JA, Santos SCM, Nogueira PP. Implicações Cardiovasculares em pacientes infectados com Covid-19 e a importância do isolamento social para reduzir a disseminação da doença. J Braz Soc Cardiol. 2020; 114(5):834-838.

Stilhano RS, Costa AJ, Nishino MS, Shams S, Bartolomeo CS, Breithaupt-Faloppa AC, et al. SARS-CoV-2 and the Possible Connection to ERs, ACE2 and RAGE: focus on susceptibility factors. FASEB J. 2020; 34(11):14103–14119.

Lima-Costa MF, Andrade FB, Souza Jr. PRB, Neri AL, Duarte YAO, Costa EC, et al. Estudo Longitudinal do Envelhecimento Brasileiro (ELSI-Brasil): Objetivos e Desenho. Am J Epidemiol. 2018; 187(7):1345-1353.

Nunes BP, Souza ASS, Nogueira J, Andrade FB, Thumé E, Teixeira DSC. Multimorbidade e população em risco para COVID-19 grave no Estudo Longitudinal da Saúde dos Idosos Brasileiros. Cad Saúde Pública. 2020; 36(12):e00129620.

Teich VD, Klajner S, Almeida FA, Dantas AC, Laselva CR, Torritesi MG, et al. Epidemiologic and clinical features of patients with COVID-19 in Brazil. Einstein. 2020; 18:eAO6022.

Vázquez-garcía D, De-La-Rica-Escuín M, Germán-Bes C, Caballero-Navarro A. Características epidemiológicas de los pacientes fallecidos en los servicios de urgencias hospitalarios del sistema aragonés de salud y su relación con el índice de comorbilidad. Emergencias. 2020; 32(1):162-168.

Almeida JS, Cardoso JA, Cordeiro EC, Lemos M, Araújo TME, Sardinha AHL. Caracterização epidemiológica dos casos de Covid-19 no Maranhão: uma breve análise. Rev Pre Infec Saúde. 2020; 6:10477.

Pereira MFI, Rocha LC, Sartori LF, Souza MV, Lima RASM, Rodrigues Júnior AL. Estudo descritivo da mortalidade por COVID-19 segundo sexo, escolaridade, faixa etária, região de saúde e série histórica: Estado do Rio de Janeiro, janeiro de 2020 a agosto de 2021. En SciELO Preprints.

Livingston EBK. Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) in Italy. JAMA. 2020 Apr 14;323(14):1335.

Pinheiro RS, Viacava F, Travassos C, Brito AS. Gender, morbidity, access and utilization of health services in Brazil. Ciênc Saúde Colet. 2002; 7(4):687-707.

Abrams EM, Szefler SJ. COVID-19 and the impact of social determinants of health. Lancet Respir Med. 2020; 8(7):659-61.

Leonel F. Pesquisa analisa o impacto da pandemia entre profissionais de saúde. 2021. Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). URL: https://portal.fiocruz.br/noticia/pesquisa-analisa-o-impacto-da-pandemia-entre-profissionais-de-saude.

Downloads

Publicado

01/06/2022

Como Citar

Nesello, K., Daufembach da Costa , J. V., Moraes Silva, L. C., Ianhes D’Moura , M. M., Souza Sacramento, M. ., Vivi-Oliveira, V. K., Marques da Silva, L., & Fedozzi Valarini , N. M. . (2022). Perfil epidemiológico, risco de agravamento e óbito por COVID-19 em cardiopatas no Brasil/ Epidemiological profile, risk of worsening and death by COVID-19 in patients with heart disease in Brazil/ Perfil epidemiológico, riesgo de empeoramiento y muerte por COVID-19 en pacientes con cardiopatía en Brasil. Journal Health NPEPS, 7(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/6250

Edição

Seção

Artigo Original/ Original Article/ Artículo Originale