Ações de promoção da saúde para a qualidade de vida de trabalhadores da saúde/ Health promotion actions for the quality of life of health workers/ Acciones de promoción de la salud para la calidad de vida de trabajadores de la salud

Autores

Palavras-chave:

Atenção à Saúde do trabalhador, Educação em Saúde, Promoção da Saúde, Qualidade de vida

Resumo

Objetivo: identificar na literatura as contribuições das ações de promoção da saúde para melhoria da qualidade de vida do trabalhador da saúde. Método: revisão integrativa de artigos publicados entre 2011 e 2021, utilizando a estratégia PICO para a formação da questão de pesquisa. As  buscas ocorreram em artigos indexados na Medline, Lilacs e BDENF, no idioma português ou inglês, com uso padrão de descritores e operador booleano AND. Resultados: foram identificados um total de 312 artigos, dos quais 10 foram incluídos  nesta  revisão. A promoção da saúde emergiu nos estudos como uma série de comportamentos adotados para promover o bem-estar, a realização pessoal e para reduzir a incidência de doenças crônicas. Quanto às estratégias de promoção da saúde adotadas, focam-se na análise e conhecimento do perfil socioeconômico dos trabalhadores de saúde e fomento à prática de atividade física e relaxamento. Conclusão: as atividades de promoção da saúde tiveram efeito e alcance limitado para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores.

Referências

Brasil. Ministério da saúde(BR). As Cartas da Promoção da Saúde.Ministério da Saúde, Secretaria de Políticas de Saúde, Projeto Promoção da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

Buss PM. Promoção da saúde e qualidade de vida. Ciência & Saúde Coletiva. 2000;5(1):163-177.

Enria G, Staffolani C. Contradicciones De Los Discursos Que Dificultan La Transformación De Las Prácticas De Promoción De La Salud. Revista Hacia la Promoción de la Salud. [Internet] 2010; [acesso em: 30 dez. 2021] 15(1):167-178.

Lopes MSV, Saraiva KRO, Fernandes AFC, Ximenes LB. Análise do conceito de promoção da saúde. Texto & Contexto - Enfermagem. 2010;19(3):461-468.

Brasil. Saúde do trabalhador e da trabalhadora [recurso eletrônico]. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Cadernos de Atenção Básica, nº 41.Brasília: Ministério da Saúde, 2018.

Tavares DDF, Oliveira RAR, Júnior RJM, Oliveira CEP, Marins JCB. Qualidade de vida de professoras do ensino básico da rede pública. Revista Brasileira em Promoção da Saúde. 2015;28(2):191-197.

Heidemann ITSB, Wosny AM, Boehs AE. Promoção da Saúde na Atenção Básica: estudo baseado no método de Paulo Freire. Ciência & Saúde Coletiva. 2014; 19:3553-3559.

Paula GR, Souza BN, Santos LF, Barbosa MA, Brasil VV, Oliveira LMAC. Qualidade de vida para avaliação de grupos de promoção da saúde. Revista Brasileira de Enfermagem. 2016;69(2):242-249.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto - Enfermagem. 2008;17(4):758-764.

Sousa ATO, Formiga NS, Oliveira SHS, Costa MML, Soares MJGO. A utilização da teoria da aprendizagem significativa no ensino da Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem. 2015;68(4):713-722.

Karino ME, Felli VEA. Enfermagem baseada em evidências: avanços e inovações em revisões sistemáticas. Ciência, Cuidado e Saúde. 2012;11(5).

Moher D, Liberati A, Tetzlaff J, Altman DG. Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses: the PRISMA Statement. PLoS Medicine. 2009;6(7):e1000097.

Oxford Centre for Evidence-Based Medicine: Levels of Evidence (March 2009). Centre for Evidence-Based Medicine, University of Oxford [Internet]. www.cebm.ox.ac.uk. Disponívelem: https://www.cebm.ox.ac.uk/resources/levels-of-evidence/oxford-centre-for-evidence-based-medicine-levels-of-evidence-march-2009

Otto A-K, Pietschmann J, Appelles L-M, Bebenek M, Bischoff LL, Hildebrand C et al. Physical activity and health promotion for nursing staff in elderly care: a study protocol for a randomised controlled trial. BMJ Open. 202; 10(10):e038202.

Tsai Y-C, Liu C-H. Factors and symptoms associated with work stress and health-promoting lifestyles among hospital staff: a pilot study in Taiwan. BMC Health Services Research. 2012; 12(1).

Freak-Poli RL, Wolfe R, Wong E, Peeters A. Change in well-being amongst participants in a four-month pedometer-based workplace health program. BMC Public Health. 2014; 14(1).

Van Berkel J, Boot CRL, Proper KI, Bongers PM, Van Der Beek AJ. Effectiveness of a Worksite Mindfulness-Related Multi-Component Health Promotion Intervention on Work Engagement and Mental Health: Results of a Randomized Controlled Trial. Creswell JD, editor. PLoS ONE. 2014;9(1):e84118.

Hosseini M, Ashktorab T, HosseinTaghdisi M, Vardanjani AE, Rafiei H. Health-Promoting Behaviors and Their Association With Certain Demographic Characteristics of Nursing Students of Tehran City in 2013. Global Journal of Health Science. 2015 Mar; 7(2):264-272.

Magalhães FJ, Mendonça LBA, Rebouças CBA, Lima FET, Custódio IL, Oliveira SC. Risk factors for cardiovascular diseases among nursing professionals: strategies for health promotion. Revista Brasileira de Enfermagem. 2014;67(3).

Olson R, Elliot D, Hess J, Thompson S, Luther K, Wipfli B et al. The COMmunity of Practice And Safety Support (COMPASS) total worker healthTM study among home care workers: study protocol for a randomized controlled trial. Trials. 2014;15(1).

Leão ER, Dal Fabbro DR, Oliveira RB, Santos IR, Victor ES, Aquarone RLet al. Stress, self-esteem and well-being among female health professionals: A randomized clinical trial on the impact of a self-care intervention mediated by the senses. Chamberlain AM, editor. PLOS ONE. 2017;12(2):e0172455.

Gibson Smith K, Paudyal V, Klein S, Stewart D. Health, self-care and the offshore workforce – opportunities for behaviour change interventions, an epidemiological survey. Rural and Remote Health. 2018;18(2).

Oliveira Neto FS. Micropolítica do trabalho na Estratégia Saúde da Família: quem cuida também precisa de cuidados? Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2011;6(21):239-248.

Toldrá RC, Cordone GR, Arruda BA, Souto ACF. Promoção da saúde e da qualidade de vida com idosos por meio de práticas corporais. O Mundo da Saúde. 2014;38(2):159-168.

Lasta KC, Silva LG, Ferrari HR,Costa JLD, Dias CP, Tiggemann CL. Qualidade de vida de mulheres com diferentes faixas etárias de Uum Pprograma de Ppromoção àsaúde. Revista Destaques Acadêmicos. 2018;10(3).

Lúcia, HP. Universidade de São Paulo Faculdade de Saúde Pública. Promoção da Saúde e Qualidade de Vida do Trabalhador em Hospitais Estaduais da Cidade de São Paulo. Tese [doutorado]. Faculdade de Saúde Pública. Universidade de São Paulo, 2008. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-09042009-155720/publico/LuciaPresoto.pdf

Declaração do México para promoção da saúde: rumo a maior equidade. 5ª Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde da Cidade do México, 05 de Junho de 2000 [Internet].Disponível em:http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/declaracao_mexico_2000.pdf

A Carta de Bangkok para a promoção da saúde no mundo globalizado [Internet]. Disponível em:https://www.ufpe.br/documents/39050/632249/Carta+de+Bangkok.pdf/b84492d6-a05e-4b6a-995c-080489a9b571

Machado MH. Perfil da enfermagem no Brasil: relatorio final: Brasil [Internet]. 2017;750P750P. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1094873

Cordeiro EL, Silva TM, Silva EC, Silva JE, Alves RFG, Silva LSR. Estilo de vida e saúde do enfermeiro que trabalha no período noturno. Rev enferm UFPE on line. 2017;3369-3375.

Primo GMG, Pinheiro TMM, Sakurai E. Absenteísmo por doença em trabalhadores de uma organização hospitalar pública e universitária.Rev Med Minas Gerais. 2010; 20(2 Supl 2): S47-S58.

Downloads

Publicado

01/06/2022

Como Citar

Feijó da Silva, T., Feitosa Lopes Soares, P. D., Pereira Rodrigues, D., Alice Monteiro Soranso, C., Valesca dos Santos Coelho, I., Aquino da Silva, Érica ., & Karolynne Sarmento Martins, A. (2022). Ações de promoção da saúde para a qualidade de vida de trabalhadores da saúde/ Health promotion actions for the quality of life of health workers/ Acciones de promoción de la salud para la calidad de vida de trabajadores de la salud. Journal Health NPEPS, 7(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/jhnpeps/article/view/6370

Edição

Seção

Artigo de Revisão/ Review Article/ Artículo de Revisión