A RELAÇÃO ENTRE MULTIMODALIDADE E A PROPOSTA DE MULTILETRAMENTOS COM A CARTILHA CAMINHO SUAVE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/real.v11i01.2516

Resumo

Os textos multimodais são multissemióticos e permitem uma grande quantidade de estímulos sensoriais e visuais. Como qualquer texto, estão vinculados a contextos socioculturais e históricos específicos que o pesquisador, os autores de recursos didáticos e a escola não podem perder de vista, conforme Kress e Van Leeuwen (1996; 2002), Van Leeuwen (2011) e Mayer (2009). Também deve ser considerada a relação entre multimodalidade e leitura proposta por Dionísio (2005; 2011; 2014). Para tratar de múltiplos aspectos no ambiente escolar surge o campo de pesquisa da Pedagogia de Multiletramentos, mostrando que a diversidade não é apenas de linguagens, mas de contextos de produção e circulação dos textos, envolvendo a Pedagogia de Multiletramentos proposta pelo Grupo de Nova Londres (2000) como também Rojo (2009; 2012).  Com esses pressupostos, o presente artigo toma como objeto de análise a capa da 132ª edição de 2015 da cartilha Caminho Suave, de Branca Alves de Lima, e mostra que suas escolhas semióticas, marcadas por uma ideologia conservadora, possibilitam multiletramentos espontâneos que acontecerão à medida que os alunos interligam os conhecimentos a diferentes significados e interpretações dos diferentes modos (texto e imagem) e recursos semióticos.

 Palavras-chave: Multimodalidade. Multiletramentos. Caminho Suave. Ideologia.

Biografia do Autor

Maria Elisabeth Barbosa Rosal, Universidade Cruzeiro do Sul - Unicsul

Mestranda em Linguística na Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL, Liberdade/SP). Licenciatura em Letras. Graduação em Pedagogia Plena e Pós-graduação em Educação Especial, Psicopedagogia Institucional e Psicopedagogia Clínica. Leciono em cursos de Pedagogia na formação de profissionais universitários voltados à área de Educação infantil, fundamental I e Licenciaturas; e também em Cursinhos para concursos e de Pós-graduação. Certifique-se que também sou formada em Contabilidade e Secretariado em nível técnico, o que me permitiu por vários anos atuar em empresas privadas. Áreas de interesse: Formação de Professores; Educação Especial Inclusiva; Linguagem e Ensino; Alfabetização e Letramento; Metodologias Ativas, Fundamentos, Metodologias e Práticas de Leitura e Escrita; EJA; Tecnologia Assistiva; Legislação Educacional; Gestão em ambientes não escolares; Formação de Professores; Análise do Discurso, Estilística e Tecnologias na Educação.

Referências

BUZEN, C.; MENDONÇA, M. Múltiplas linguagens para o ensino médio. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

CABRAL, A.L.T. Leitura de Textos Multimodais: simultaneidade e integração na construção de sentidos. Intersecções, v. 6, n. 2, 2013. Disponível em: <http://www.portal.anchieta.br/revistas-e-livros/interseccoes/pdf/interseccoes_ano_6_numero_2.pdf>. Acesso em: 26 abr 2017.

COPE, B.; KALANTZIS, M. (Ed.). Multiliteracies: literacy learning and the design of social futures. Routledge: Psychology Press, 2000.

DIONÍSIO, A.P. Gêneros multimodais e multiletramento. In: KARWOSKI, A. M. GAYDECZKA, B. BRITO, K. S. (org.). Gêneros textuais: Reflexão e Ensino. Palmas e União da Vitória: Kaygangue, 2005.

______. Multimodalidades e leituras: funcionamento cognitivo, recursos semióticos e convenções visuais. Recife: Pipas Comunicação, 2014.

______. Multimodalidade, gênero textual e leitura. In: BUZEN, C.; MENDONÇA, M. Múltiplas linguagens para o ensino médio. São Paulo: Parábola Editorial, 2011.

GRUPO DE NOVA LONDRES (NEW LONDON GROUP). A Pedagogy of Multiliteracies: Designing Social Futures. In COPE, B.; KALANTZIS, M. (Ed.). Multiliteracies: literacy learning and the design of social futures. Routledge: Psychology Press, 2000, p. 9-37.

HALLIDAY, M.A.K. An introduction to functional grammar. Baltimore: Edward Arnold, 1985.

JEWITT, C. The move from page to screen: the multimodal reshaping of school English. Visual Communication, v. 1, n. 2, 2002, p. 171-96.

______. Multimodal reading and writing on screen. Discourse: Studies in the Cultural Politics of Education, v. 26, n. 3, 2005, p. 315-32.

______. The Routledge Handbook of Multimodal Analysis. London: Routledge, 2009.

JEWITT, C., KRESS, G. Multimodal Literacy. New York: Peter Lang, 2003.

KARWOSKI, A. M. GAYDECZKA, B. BRITO, K. S. (org.). Gêneros textuais: Reflexão e Ensino. Palmas e União da Vitória: Kaygangue, 2005.

KRESS, G.; VAN LEEUWEN, T. Colour as a semiotic mode: notes for a grammar of colour. Visual Communication, v. 1, n. 3, 2002, p. 343-369.

______. Reading Images: a grammar of visual designer. London: Routledge, 1996.

KRESS, G. Multimodality: challenges to thinking about language. TESOL Quarterly v. 34, n. 2, 2000, pp. 337-340. Disponível em: <http://www.jstor.org/stable/3587959>. Acesso em: 24 set 2017.

______. Multimodal Discourse: the modes and media of contemporary communication. London: Oxford University Press, 2001.

LIMA, B.A. de. Caminho Suave. São Paulo: Editora Caminho Suave, 2015.

MAYER, R. E. Multimedia learning. Cambridge: Cambridge University, 2009.

PINHEIRO, P. A. Sobre o Manifesto “a Pedagogy of multiliteracies: designing social futures” – 20 anos depois. Trab. linguist. Apl, v. 55 n. 2, Campinas, 2016. Disponível em:

http://www.scielo.br/pdf/tla/v55n2/0103-1813-tla-55-02-00525.pdf> Acesso em: 02 out 2017.

ROJO, R. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

______. Pedagogia dos multiletramentos: diversidade cultural e de linguagens na escola. In: ROJO, R; ALMEIDA, E de M. (orgs.). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola Editorial, 2012.

ROJO, R; ALMEIDA, E de M. (orgs.). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola Editorial, 2012.

SIMPSON, J. (Ed.). The Routledge handbook of applied linguistics. New York: Routledge, 2011.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

VAN LEEUWEN, T. Multimodality. In: SIMPSON, J. (Ed.). The Routledge handbook of applied linguistics. New York: Routledge, 2011. p. 668-682.

Downloads

Publicado

01/08/2018

Como Citar

Rosal, M. E. B. (2018). A RELAÇÃO ENTRE MULTIMODALIDADE E A PROPOSTA DE MULTILETRAMENTOS COM A CARTILHA CAMINHO SUAVE. Revista De Estudos Acadêmicos De Letras, 11(01), 94–106. https://doi.org/10.30681/real.v11i01.2516

Edição

Seção

Artigos - Linguística Aplicada