Habitar o insabido: encontro, travessia, invenção

Autores

  • Greciely Cristina da Costa

DOI:

https://doi.org/10.30681/2594.9063.2018v2n1id2790

Palavras-chave:

Homenagem, Eni Orlandi, Análise de Discurso

Resumo

Esse texto é resultado de um percurso constituído de estudo, afeto teórico e afeto-afeto, pois se trata de uma homenagem à professora e pesquisadora Eni Puccinelli Orlandi, cuja pesquisa é referência para as Ciências da Linguagem. Para traçar esse percurso, retomei seus escritos, em especial, prefácios de algumas de suas obras, em busca textualizar o encontro, a travessia e a invenção que fazem parte daquilo que inscreve a autora num laço indelével com as letras, com as palavras, com o silêncio, com a escrita, com a vontade de saber.

Referências

ORLANDI, E. P. A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. Campinas: Pontes, 1983.

______. Discurso e leitura. São Paulo: Cortez, 1988.

______. "Silêncio e implícito (Produzindo a monofonia)". In: GUIMARÃES, E. (Org.). História e sentido na linguagem. Campinas: Pontes, 1989, pp. 39-46.

______. "Discurso e argumentação: Um observatório do político". Fórum Linguís¬tico, n. 1. Florianópolis, jul-dez., 1998, pp. 73-81.

______. Terra à vista - Discurso do confronto: Velho e novo mundo. Campinas: Editora da Unicamp, 1990.

______. As formas do silêncio: No movimento dos sentidos. Campinas: Editora da Unicamp, 1992.

______. (Org.). Discurso fundador: A formação do país e a construção da identidade nacional. Campinas: Pontes, 1993.

______. "Discurso, imaginário social e conhecimento". Em Aberto, ano 14, n. 61. Brasília, jan.-mar., 1994, pp. 53-59.

______. "Efeitos do verbal sobre o não verbal". Rua, n. 1. Campinas, Unicamp, mar., 1995, pp. 35-48.

______. Interpretação: Autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Rio de Janeiro: Vozes, 1996.

______. Análise de discurso: Princípios e procedimentos. Cam¬pinas: Pontes, 1999.

______. "Maio de 1968: Os silêncios da memória". In: ACHARD, Pierre et al. (Orgs.), Papel da memória. Campinas: Pontes, 1999, pp. 59-67.

______. Discurso e texto: Formulação e circulação dos sentidos. Campinas: Pontes, 2001a.

______. "Tralhas e troços: O flagrante urbano". In: ORLANDI, E. (Org). Cidade atravessada: Os sentidos públicos no espaço urbano. Campinas: Pontes, 2001b, pp. 9-24.

______. Dança e Discurso. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DANÇA EM CADEIRA DE RODAS, I., 2001, Campinas. Anais..., Curitiba: ABRADECAR, 2001.

_________. Coreografar: inscrever significativamente o corpo no espaço. In: FERREIRA, E.; FERREIRA, M. B. R.; FORTI, V. A. M. (Orgs). Interfaces da dança para pessoas com deficiência. Campinas: CBDCR, 2002.

_________. Cidade dos sentidos. Campinas: Pontes, 2004.

_________. Língua brasileira e outras histórias: discurso sobre a língua e ensino no Brasil. Campinas: Pontes, 2009a.

_________. Tecnologias da linguagem: um novo funcionamento. O que é linguística. 2ªed. São Paulo: Brasiliense, 2009b.

_________. Discurso em análise: Sujeito, sentido, ideologia. Campinas: Pontes, 2012.

_________. Ciências da Linguagem e Política: anotações ao pé das letras. Campinas: Pontes, 2014.

_________. Eu, Tu, Ele: Discurso e real da História. Campinas: Pontes, 2017.

PÊCHEUX, M. Semântica e discurso: Uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. E. P. Orlandi et al. Campinas: Editora da Unicamp, 1988 [1975].

SCHERER, A. História das idéias x história de vida. Fragmentum, no. 7, mar. 2004.

Downloads

Publicado

11/03/2018

Como Citar

Costa, G. C. da. (2018). Habitar o insabido: encontro, travessia, invenção. Traços De Linguagem - Revista De Estudos Linguísticos, 2(1). https://doi.org/10.30681/2594.9063.2018v2n1id2790