SABERES COMPARTILHADOS: A UTILIZAÇÃO DO MÉTODO RECEPCIONAL EM SALA DE AULA A PARTIR DA OBRA BISA BIA, BISA BEL, DE ANA MARIA MACHADO

Autores

  • Ângela Maria da Silva Elias Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Aroldo José Abreu Pinto Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Palavras-chave:

Leitura, Leitura juvenil, Método recepcional, Horizonte de expectativas, Ana Maria Machado

Resumo

Esse trabalho faz parte de uma pesquisa de literatura realizada na Escola Estadual “Professor João Batista”, do município de Tangará da Serra-MT. O objetivo foi investigar a recepção da obra Bisa Bia Bisa Bel, de Ana Maria Machado, numa turma de 9º ano com 35 alunos, utilizando o Método Recepcional segundo os pressupostos de Maria da Glória Bordini e Vera Teixeira Aguiar, presentes no livro Literatura – A formação do leitor (1998). Para conhecer o público leitor da obra e estudantes, realizamos os questionários sociocultural
e socioeconômico. Fizemos um diagnóstico sobre o que constitui o horizonte de expectativas, como o meio social do leitor, a posição que ele ocupa na sociedade e as pessoas que o acompanham, o meio intelectual, o meio ideológico, incluindo seus hábitos e costumes, a linguagem de que se utiliza, isto é, o cuidado que o leitor tem com a língua, se preza pela norma culta ou não, decorrente de seu nível de instrução e o meio literário, proveniente das leituras que já fez no decorrer de sua existência, definindo, assim, suas preferências, temas e assuntos que mais lhe interessam. Conhecer a realidade do público que trabalhamos é fundamental, pois a teia do mundo e a linguagem que é rebatida ficam pinçadas, por associações da memória e de textos, que alinhavam uma história que vem antes e segue por nossas mãos tricotadas compartilhando saberes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-08-04

Como Citar

da Silva Elias, Ângela M., & Abreu Pinto, A. J. (2023). SABERES COMPARTILHADOS: A UTILIZAÇÃO DO MÉTODO RECEPCIONAL EM SALA DE AULA A PARTIR DA OBRA BISA BIA, BISA BEL, DE ANA MARIA MACHADO. Revista Alere, 27(1), 181–210. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/alere/article/view/11535