ART MOVIMENTOS SOCIAIS, COMUNIDADE DE PESQUISA E POLÍTICA CIENTÍFICOTECNOLÓGICA

Autores

  • Laudemir Luiz ZART

Palavras-chave:

Política científica e tecnológica. Movimentos sociais. Comunidade científica.

Resumo

O objeto de interpretação são as percepções de ciência e tecnologia para a proposição e construção social de agenda dos movimentos sociais populares para a política científica e tecnológica. A metodologia se embasa na análise sociológica de entendimentos de grupos socioculturais colhidos em depoimentos e participação em processos de proposição de políticas públicas e da efetivação de ações para a Economia Solidária no Estado de Mato Grosso. Embasamos as análises na teoria social crítica de ciência e tecnologia e na teoria da adequação sociotécnica. Os resultados demonstram diferentes e conflituosas perspectivas de posicionamentos teóricos e de gestão da produção e socialização dos conhecimentos científicos, na comunidade de pesquisa, atores dos movimentos sociais e policy makers há a defesa de conceitos e metodologias na produção de conhecimentos.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BOURDIEU, Pierre. Razões práticas: sobre a teoria da ação. Trad. Mariza Corrêa. Campinas/SP: Papirus, 1996.

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. Trad. Klauss Brandini Gerhardt. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

DAGNINO, Renato. Ciência e tecnologia no Brasil: o processo decisório e a comunidade de pesquisa. Campinas/SP: Editora da Unicamp, 2007.

DAGNINO, Renato. Neutralidade da ciência e determinismo tecnológico: um debate sobre a tecnociência. Campinas/SP: Editora da Unicamp, 2008.

FAZENDA, Ivani C. Arantes. Interdisciplinaridade: história, teoria e Pesquisa. Campinas, SP: Papirus, 1994.

FREENBERG, Andrew. A filosofia da tecnologia numa encruzilhada. Trad. Newton Ramos de Oliveira. http://www-rohan.sdsu.edu/faculty/feenberg, acessado em 26/05/2008.

GADOTTI, Moacir. Pedagogia da práxis. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 1995.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

HABERMAS, Jürgen. Pensamento pós-metafísico: estudos filosóficos. Trad. Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1990.

HERRERA, Amílcar et al. Las nuevas tecnologías y el futuro de América Latina: riesgo e oportunidad. México/DF: Siglo Veintiuno Editores e Editorial de la Universidad de las Naciones Unidas, 1994.

MORIN, Edgar. A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Trad. Eloá Jacobina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A universidade do século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da universidade. Brasília: UnB, 2004.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Renovar a Teoria Crítica e Reinventar a Emancipação Social. Trad. Mouzar Benedito. São Paulo: Boitempo, 2007.

TOURAINE, Alain. Palavra e Sangue: política e sociedade na América Latina. Trad. Iraci D. Poleti. São Paulo: Trajetória Cultural; Campinas/SP: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 1989.

Recebido: 05/07/2023

Aprovado: 31/07/2023

Publicado: 01/09/2023

Downloads

Publicado

2023-09-08

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

ART MOVIMENTOS SOCIAIS, COMUNIDADE DE PESQUISA E POLÍTICA CIENTÍFICOTECNOLÓGICA. (2023). Revista De Comunicação Científica, 1(13). https://periodicos.unemat.br/index.php/rcc/article/view/11681

Artigos Semelhantes

1-10 de 95

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.