O PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Autores

  • Evanilda Barbosa de Oliveira MAZELI
  • Ângela Rita Christofolo de MELLO

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi analisar como o professor que atua no 1º segmento da Educação de Jovens e Adultos trabalha com as dificuldades de apropriação do Sistema de Escrita Alfabético (SEA). Na tentativa de alcançar esse objetivo, realizou-se uma pesquisa empírica, de abordagem qualitativa, que utilizou como instrumento de coletas de informações a observação, aplicação de questionário com questões subjetivas ao professor da sala que atua nesta modalidade de ensino. A observação nos permitiu identificar a metodologia adotada pelo professor, os recursos e as estratégias didáticas utilizadas.  O resultado dessa pesquisa informa que a atuação docente do professor da sala de aula observada, pouco contribui para que os estudantes vençam as dificuldades de aprendizagem e se apropriem do Sistema de Escrita Alfabética. Porém, há uma participação e esforço dos estudantes para a apropriação da escrita.

Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos, Apropriação do Sistema de Escrita Alfabética, Estratégias didáticas.

Downloads

Publicado

2017-08-08

Como Citar

MAZELI, E. B. de O., & MELLO, Ângela R. C. de. (2017). O PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. Revista De Comunicação Científica, 2(1). Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/rcc/article/view/2230

Edição

Seção

Capítulos