PIBID E POESIA: EXPERIÊNCIAS, REFLEXÕES E PERSPECTIVAS EM PROL DE UMA EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA

Autores

  • Thamara Maciel Lins de SOUZA
  • Maria Onete Lopes FERREIRA

Resumo

O presente trabalho reflete sobre a necessidade de efetivação de uma prática pedagógica mais dialógica e democrática, que, para acontecer, precisa reconhecer o espaço de fala da criança. A partir da experiência no Projeto Institucional de Iniciação à Docência (PIBID), buscamos compreender a necessidade de se criar um canal de participação ativa do aluno durante todo o processo de ensino aprendizagem, afim de estimular a sua permanência e representatividade. A reflexão tem como aspecto importante, a ser considerado pela formação escolar, a distinção da cultura popular e da cultura das elites.

Palavras-chave: PIBID, Negação da cultura popular, Poesia

Referências

BENJAMIN, W. Obras escolhidas I: Magia e técnica, arte e política. Trad. S. P. Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1985.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. Rio de janeiro. Paz e Terra. 17. ed. 1987.

GADOTTI, Moacir. Marx: transformar o mundo. 2. ed. São Paulo: FTD, 1991.

JEAN, Geoges. Na escola da poesia. Lisboa: Gráfica Manoel Barbosa & Filhos Ltda, 1996.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. Trad. Marco Aurélio Nogueira e Leandro Konder. 3. ed. Petrópolis/RJ: Editora Vozes, 1990.

SCHLESENER, Ana Anita. Educação e infância em alguns escritos de Walter Benjamin. Paidéia, 2011. Vol. 21, No. 48, p.129-135.

VIANA, Nildo. A Teoria das Classes Sociais em Karl Marx. Florianópolis: Bookess, 2012.

Downloads

Publicado

2021-01-11

Como Citar

SOUZA, T. M. L. de, & FERREIRA, M. O. L. (2021). PIBID E POESIA: EXPERIÊNCIAS, REFLEXÕES E PERSPECTIVAS EM PROL DE UMA EDUCAÇÃO TRANSFORMADORA. Revista De Comunicação Científica, 6(1), 17–27. Recuperado de https://periodicos.unemat.br/index.php/rcc/article/view/5165

Edição

Seção

Artigos