Ensino de língua portuguesa mediado por gêneros discursivos da esfera argumentativa em um livro didático

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/2594.9063.2022v6n1id11222

Palavras-chave:

Livro Didático, Gêneros Discursivos, Ensino de Língua Portuguesa

Resumo

Este estudo objetiva analisar os gêneros discursivos da esfera argumentativa do primeiro capítulo de um Livro Didático de Língua Portuguesa (Se liga na língua: leitura, produção de texto e linguagem: manual do professor) à luz da teoria da enunciação e da perspectiva da progressão de gêneros. Desse modo, percebemos a visão didática e metodológica desse instrumento pedagógico a partir do trabalho com gêneros textuais da esfera argumentativa na perspectiva do argumentar para convencer. Assim, de modo geral, entendemos o livro didático como algo que faz parte de nosso cotidiano: é adquirido, em geral, no início do ano, em livrarias e papelarias quase sempre lotadas (ou adquirido gratuitamente nas escolas públicas); que vai sendo utilizado à medida que avança o ano escolar. Nesse sentido, organizamos, metodologicamente, o nosso estudo a partir de uma análise qualitativa de cunho bibliográfico e documental, a partir acepções analíticas, quanto à enunciação, ao trabalho progressivo com gêneros e com relação à estratégia tipológica utilizada. Fundamentamos nosso estudo em Bakhtin (1997), Batista (2009), Bunzen; Rojo (2005) e Leffa (2012). Em termos gerais, concluímos que esta pesquisa aponta para uma proposta crítica e formativa, tendo em vista, o trabalho com o Livro Didático. Entendemos que, o material analisado pode contribuir para a ampliação dos conhecimentos dos/as alunos/as e está diretamente relacionado com as diretrizes oficiais para o ensino de língua portuguesa.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Jobson Jorge da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco

    Doutorando em Educação e Ensino na Rede de Ensino do Nordeste na Universidade Federal Rural de Pernambuco (RENOEN/UFRPE). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Pernambuco (PPGE/UPE). Especialista em Ensino de Língua e Literatura do Português pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Graduado em Licenciatura Plena em Letras Português e Inglês pela Universidade de Pernambuco (UPE). Graduado em Licenciatura em Pedagogia pelo Centro Universitário Venda Nova do Imigrante (UNIFAVENI). Foi pesquisador de Iniciação Científica (PIBIC) com ênfase em literatura de minorias étnicas e sexuais, epistemologia do/a professor/a de Língua Portuguesa e alfabetização e letramento. Foi bolsista do Programa de Iniciação à Docência (PIBID) e do Programa Residência Pedagógica (RP). Participou, como bolsista, do Programa de Extensão Acadêmica intitulado: O lugar onde vivo: oficinas de leitura e escrita pelo edital (PIAEXT). Participou do clube do livro Leia mulheres em Nazaré da Mata. É aluno-docente do programa de extensão PREVUPE. É professor-estagiário de Língua Inglesa no Programa de Línguas e Informática PROLINFO e atua como Tutor EAD do Centro Colaborador de Apoio ao Monitoramento e à gestão de Programas Educacionais (CECAMPE-NE) e no Curso Técnico de Agentes de Saúde (UFRGS). Tem ampla experiência em ensino de Língua Portuguesa, Língua Inglesa, suas Literaturas e ensino mediado por tecnologias.

  • Rossana Regina Guimarães Ramos Henz, Universidade de Pernambuco

    É pós-doutora pela Universidade Católica de Pernambuco (2017), doutora (2005) e mestre (2001) em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005), graduada em Letras (1986) e graduada em Pedagogia (1996). Atualmente é professora adjunta do curso de Letras e do Programa de Pós-Graduação stricto sensu PROFLETRAS - nos campi de Garanhuns e Mata Norte da Universidade de Pernambuco (UPE) na disciplina de Alfabetização e Letramento e da Universidade Católica de Pernambuco - UNICAP - no Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem. Tem experiência na área de Língua Portuguesa, Sociolinguística, alfabetização e letramento, Literatura Infantil e Educação Inclusiva. É autora de dez livros nas áreas infantil e pedagógica de material pedagógico em Educação a Distância - UNICAP, UPE e UNIVASF. 

Referências

BUNZEN, C. Livro didático de Língua Portuguesa: um gênero do discurso. 2005. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) - Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ensino Fundamental. Brasília, MEC. Livro Eletrônico. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em: 23 out. 2017.

BAKHTIN, M. M. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BAKHTIN, M. Marxismo e Filosofia da Linguagem. São Paulo: Hucitec, 1989. (publicação original em 1929).

BAKHTIN, M. M./MÉDVEDEV, P. N. El método formal en los estudios literarios: introducción crítica a una poética sociológica. Tradução Tatiana Bubnova. Madrid: Alianza Editorial, 1994. (publicação original em 1928).

BAHKTIN, M. Questão de literatura e estética. São Paulo: UNESP/Hucitec, (1992).

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1997.

BAZERMAN, Charles. A vida do gênero, a vida na sala de aula. Gênero, agência e escrita. Tradução e adaptação Judith Chambliss Hoffnagel. São Paulo: Cortez, p. 23-34, 2006.

BATISTA, A. A. G. O conceito de “livros didáticos”. Livros escolares de leitura no Brasil: elementos para uma história, p. 41-73, 2009.

BATISTA, A. A. G. Recomendações para uma política do livro didático.

Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Fundamental, 2001.

BUNZEN, Clécio; ROJO, Roxane. Livro didático de língua portuguesa como gênero do discurso: autoria e estilo. Livros didáticos de língua portuguesa: letramento e cidadania. Belo Horizonte: Ceale, p. 73-118, 2005.

BATISTA, A. A. G. A avaliação dos livros didáticos: para entender o Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). In: ROJO, R. H. R. e BATISTA, A. A. G. (Org.). Livro didático de Língua Portuguesa no Ensino Fundamental, letramento escolar e cultura da escrita. Campinas: Mercado de Letras, 2003. p. 25-67.

CHAGURI, J. P. As Vozes de uma Política de Ensino de Língua Estrangeira Moderna na Educação Básica do Estado do Paraná. Acta Scientiarium. Education, Maringá, v. 32, n. 2, p. 225-236, 2010.

DOLZ, Joaquim; SCNHEUWLY, Bernard; NOVERRAZ, Michelle. Sequências Didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um documento. In.: DOLZ, Joaquim; SCNHEUWLY, Bernard. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado de Letras, 2011.

GERALDI, João Wanderley. et al. (orgs.). O texto na sala de aula. São Paulo: Ática,

FANTI, M. G. C. A Linguagem em Bakhtin: pontos e pespontos. VEREDAS - Rev. Est. Ling, Juiz de Fora, v. 7. n. 1-2, p. 95-111, 2003.

FERREIRA. M. B. A Linguagem e os Processos de Enunciação, Dialogismo e Polifonia. Olhar de Professor, Ponta Grossa, v. 7, n. 1, 67-75, 2004.

LEFFA. V. Ensino de Línguas: passado, presente e futuro. Revista Estudos Linguísticos, Belo Horizonte, v. 20, n. 2, p. 389-411, 2012.

MACHADO, Irene A. Texto como enunciação. A abordagem de Mikhail Bakhtin. Língua e Literatura, n. 22, p. 89-105, 1996.

MARCUSCHI, L. A. A questão do suporte dos gêneros textuais. Recife: Departamento de Letras do Centro de Comunicação e Artes da UFPE, 2003. (versão preliminar, inédita).

ORMUNDO, Wilton; CRISTIANE Siniscalchi. Se liga na língua: leitura, produção de texto e linguagem: manual do professor. São Paulo: Moderna, 2018.

RAMOS, Rossana Regina Guimarães et al. Cartilhas: um paradigma didático-linguístico da alfabetização no Brasil. 2005.

ZANINI. M. Uma Visão Panorâmica da Teoria e da Prática do Ensino de Língua Materna. Acta Scientiarum, Maringá, v. 21, n. 1, p. 79-88, 1999.

Publicado

2022-11-15

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

Ensino de língua portuguesa mediado por gêneros discursivos da esfera argumentativa em um livro didático. (2022). Traços De Linguagem - Revista De Estudos Linguísticos, 6(1). https://doi.org/10.30681/2594.9063.2022v6n1id11222

Artigos Semelhantes

1-10 de 132

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.