O Ensino de Jornalismo a partir de imagens: um relato sobre a prática das disciplinas de Fotografia, Fotojornalismo e Telejornalismo em Alto Araguaia – MT

Autores

  • Iuri Gomes Barbosa Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Ulisflávio Oliveira Evangelista Universidade do Estado de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.30681/rccs.v9i1.3829

Palavras-chave:

Jornalismo, Ensino de Jornalismo, LInguagem Audiovisual, Fotojornalismo.

Resumo

Este artigo-relato se divide acerca das questões que envolvem as disciplinas de Linguagem Fotográfica e Fotojornalismo, ministradas pelo professor Iuri Barbosa Gomes, e Telejornalismo I, ministrada pelo professor Ulisflávio Oliveira Evangelista. O relato do primeiro limita-se do ano de 2011 a 2015 (período em que ingressou na universidade como professor interino e, a partir de 2014, como professor efetivo), e o segundo, de 2014 a 2015 (período em que ingressou como professor efetivo do curso). O objetivo é refletir sobre como elas tem sido trabalhadas no curso – sem desmerecer, é claro, o trabalho dos professores que anteriormente lecionaram-nas. O objetivo que permeia este texto é, acompanhando o mote do livro, debruçar-se sobre a questão do ensino do jornalismo em Mato Grosso. Longe de simplesmente apontar falhas, quer-se aqui visualizar caminhos possíveis para o avanço desse ensino e, em alguma medida, contribuir para o aprimoramento da formação dos futuros jornalistas oriundos da Unemat.

Biografia do Autor

Iuri Gomes Barbosa, Universidade do Estado de Mato Grosso

Professor efetivo do curso de Jornalismo da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus de Alto Araguaia. Integra o grupo de pesquisa “Comunicação, Cultura e Sociedade”, da mesma instituição. Graduado em Comunicação Social (habilitação Jornalismo) pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), mestre e doutorando em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO-UFMT). E-maili.b.gomes@gmail.com

Ulisflávio Oliveira Evangelista, Universidade do Estado de Mato Grosso

Possui Graduação em Comunicação Social (habilitação em Rádio e Televisão) pela Universidade Católica Dom Bosco (2002), Graduação em Comunicação Social (habilitação em Jornalismo) pela Universidade Católica Dom Bosco (2010), Especialização em Imagem e Som pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2004) e é Mestre em Estudos de Linguagem (Linguística e Semiótica) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2009). Atualmente é professor assistente do curso de Comunicação Social (Jornalismo) da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (2014-atual). Coordena o projeto de Extensão "ArtSet Comunicação" que exibe e dialoga produções fílmicas. Foi professor da UNIGRAN nos cursos de Jornalismo e Publicidade e Marketing (2011-2014). Foi professor titular da Faculdade Estácio de Sá em Campo Grande - MS (2011-2013), coordenou o curso de Jornalismo de Julho de 2011 até Março de 2012. Foi membro do NDE dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda. Na mesma instituição ocupou interinamente o cargo de coordenador do curso de Publicidade e Propaganda no primeiro semestre do ano de 2011. Foi professor e membro do NDE dos cursos de Jornalismo e Design da Universidade Católica Dom Bosco - UCDB (2004-2011). Foi professor da FACSUL (2007-2011) e também professor do Instituto Superior da Funlec - IESF (2010-2011). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Audiovisual, atuando principalmente nos seguintes temas: fotografia, fotojornalismo, fotografia publicitária, roteiro, produção de programas radiofônicos e televisivos, edição audiovisual e ficção seriada (teleficcionalidade) e produção documental.

Referências

BONNER, Willian. Jornal Nacional: Modo de fazer. São Paulo: Globo, 2009.

CURADO, Olga. A notícia na TV: O dia-a-dia de quem faz telejornalismo. São Paulo: Alegro, 2002.

ERBOLATO, Mário L. Técnica de codificação em jornalismo: redação, captação e edição do jornal diário. Petrópolis: Vozes, 1979.

LAGE, Nilson. Linguagem jornalística. 7. ed. São Paulo: Editora Ática, 2002.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Globalização comunicacional e transformação cultural. In: MORAES, Dênis de. (Org.) 3ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2005.

MARTINS, Eduardo. O Estado de S. Paulo: Manual de redação e estilo. São Paulo: Moderna, 1997.

NETO, João Elias da Cruz. Reportagem de Televisão. Petrópolis – RJ: Vozes, 2008.

PATERNOSTRO. O texto na TV: Manual de Telejornalismo. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

PEREIRA JR. Alfredo Eurico Vizeu. Decidindo o que é notícia: os bastidores do telejornalismo. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003.

POLISTCHUCK, Ilana; TRINTA, Aluizio Ramos. Teorias da comunicação: o pensamento e a prática do jornalismo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

PRADO, Flávio. Ponto Eletrônico: Dicas para fazer telejornalismo com qualidade. São Paulo: Editora Limiar, 1996.

TARDY, Michel. O professor e as imagens. Tradução de Frederico Pessoa de Barros. São Paulo: Cultrix, Ed. Da Universidade de São Paulo, 1976.

Downloads

Publicado

2019-09-10

Como Citar

Barbosa, I. G., & Evangelista, U. O. (2019). O Ensino de Jornalismo a partir de imagens: um relato sobre a prática das disciplinas de Fotografia, Fotojornalismo e Telejornalismo em Alto Araguaia – MT. Revista Comunicação, Cultura E Sociedade, 6(1), 50–63. https://doi.org/10.30681/rccs.v9i1.3829