ART MAPEAMENTO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DE NOVO HORIZONTE DO NORTE – MT DE 1986 A 2020

Autores

  • Diego RODRIGUES
  • Jessicleide Azevedo Lira RODRIGUES
  • William James Vendramini VENDRAMINI

Palavras-chave:

Ocupação do solo. Geoprocessamento. Diagnóstico ambiental.

Resumo

Este artigo consiste no estudo do uso e ocupação do solo de Novo Horizonte do Norte MT utilizando técnicas de Sensoriamento Remoto e Geoprocessamento para mapeamento nas modificações do uso e ocupação do solo ocorridas entre os anos de 1986 e 2020. O município de Novo Horizonte do Norte passa por perspectivas de aumento de área destinada a agricultura de larga escala, como resultado a tendência é que ocorra uma substituição de áreas destinadas a pastagens para a utilização de agricultura, dessa forma a delimitação para a pesquisa da área útil de uso do solo da área de estudo foi organizado por: pecuária, agricultura, mata e zona urbana. Concluiu-se que o município apresenta mais de 68% de seu território foi desmatado, destinada a agropecuária, sendo que a maior parte do desmatamento ocorreu entre os anos de 1986 e 2000.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BRASIL. Lei Federal nº 12651 de 25 de maio de 2012: Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nos 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 1 9 de dezembro de 1996, e 11 .428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nos 4.771, de 1 5 de setembro de 1965, e 7.754, de 1 4 de abril de 1989, e a Medida Provisória no 2.1 6667, de 24 de agosto de 2001 ; e dá outras providências. Brasília, 2012.

BRASIL. Lei Federal nº 4771 de 15 de setembro de 1965: Institui o Novo Código Florestal. Brasília, 1965.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Centro Gráfico, 1988.

CAPRA, F. A teia da vida. São Paulo: Editora Cultrix, Edição Brasileira 1996.

CHRISTOFOLETTI, A. Análise de Sistemas em Geografia. São Paulo: Editora Hucitec, Editora da Universidade de São Paulo, 1979.

CHUVIECO, E. Fundamentos de teledetección espacial. Madrid: Ediciones Rialp, 1990, 453p. CIDADE BRASIL, 2021, Município de Novo Horizonte do Norte, disponível em: https://www.cidade-brasil.com.br/municipio-novo-horizonte-do-norte.html. Acessado em 10 de março de 2021.

CREA – MT, Lei de Uso e ocupação do solo: você sabe o que é e para que serve?

disponível em; https://www.crea-mt.org.br/portal/lei-de-uso-e-ocupacao-do-solo-vocesabe-o-que-e-e-para-que-serve/, acesso em 06 de abril de 2021.

EMBRAPA (2005), Manejo das plantas e cobertura dos solos, Disponível em https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Uva/MesaNorteMinas/manejo.htm. Acesso em 10 de março de 2021.

EMBRAPA (2017), Síntese Ocupação e Uso das Terras no Brasil, Disponível em https://www.embrapa.br/car/sintese. Acesso em 10 de março de 2021.

EPE (2020), Empresa de Pesquisa Energética, estudo sobre instalação da Usina Hidrelétrica Castanheira, disponível em: http://www.uhecastanheira.com.br/, acessado em 30 de março de 2021.

FONTOURA, L. N. J. Planejamento urbano-ambiental: o uso e ocupação do solo no Distrito Federal. Revista Especialize On-Line IPOG. 5ª Edição nº 005 v.01/2013. Goiânia-GO, 2013.

IBGE (2017) – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, disponível em https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mt/novo-horizonte-do-norte/historico, acessado em 14 de junho de 2020.

IBGE (2018) – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – Monitoramento da Cobertura e Uso da Terra do Brasil 2016 a 2018, disponível em https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/bibliotecacatalogo?view=detalhes&id=2101703. Acessado em 14 de junho de 2020.

IBGE (2020) – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, disponível em https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mt/novo-horizonte-donorte/panorama, acessado em 14 de junho de 2020.

LIMBERGER, L. Abordagem sistêmica e complexidade na geografia, 2006, disponível em http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/geografia/article/view/6590/5978, acessado em 15 de junho de 2020.

LOCH, R. E. N. Cartografia: representação, comunicação e visualização de dados espaciais. Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2006.

MACEDO, S. S. Quadro do Paisagismo no Brasil. São Paulo, 1999, 144 p.

MAIA, S. A. et al. Os impactos da agricultura urbana na qualidade da água na nascente do Igarapé do Mindu - comunidade Nova Esperança (Manaus - AM).

Boletim Amazônico de Geografia (ISSN: 2358-7040 - online), Belém, v. 02, n. 04, p. 01-09. jul./dez. 2015.

MAPA (2021), O que é o Cadastro Ambiental rural (CAR) disponível em: https://www.florestal.gov.br/cadastro-ambiental-rural, acessado em 10 de março de 2021.

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, Resoluções, disponível em: http://www2.mma.gov.br/port/conama/res/res86/res0186.html, acessado em

/05/2021.

MORAES, E. C. Fundamentos de Sensoriamento Remoto. 2002. Disponível em: http://mtc-m12.sid.inpe.br/col/sid.inpe.br/sergio/2005/06.14.12.18/doc/. Acessado em: 14/06/2020.

MORALES, N. F. B. Teledetección Espacial: Landsat, Sentinel-2, Aster L1T y MODIS. 1ª. ed. Peru, 2017.

MOREIRA, M. A. Fundamentos do sensoriamento remoto e metodologias de aplicação. Ed. UFV. 2ª ed. Viçosa, MG, 2003.

MOTA, S. Planejamento Urbano e Preservação Ambiental. Fortaleza, Edições UFC, 1981.

MÜLLER, A.S. Aplicabilidade de medidas não estruturais no controle de cheias urbanas: estudo de caso Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira – Joinville – SP. Dissertação (Mestrado) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental. São Paulo: 2011. 235 p.

NOVO, E. M. L. M. Sensoriamento remoto: princípios e aplicações. São Paulo: Edgard Blucher, 1989. 3.a ed. 308 p.

PORTAL MATO GROSSO, Economia de Novo Horizonte do Norte, 2017 disponível em: https://portalmatogrosso.com.br/economia-de-novo-horizonte-do-norte/. Acesso em 10 de março de 2021.

ROSA, R. Introdução ao Sensoriamento Remoto, 5º ed., Uberlândia. Ed. Universidade Federal de Minas Gerais, 2003.

ROSA, Roberto. Introdução ao sensoriamento remoto. Uberlândia: Ed. UFU, 2007. 248 p.

SEDEC-MT, Produção de grãos por município, disponível em: http://www.sedec.mt.gov.br/-/14352337-producao-de-graos-por-municipio, acessado em 02 de abril de 2021.

SINFRA-MT, Ponte de concreto sobre rio Arinos IV avança rápido; obra vai melhorar logística na MT-220, disponível em: http://www.sinfra.mt.gov.br/-/15803008-ponte-de-concreto-sobre-rio-arinos-iv-avanca-rapido-obra-vai-melhorarlogistica-na-mt-220, acessado em 02 de abril de 2020.

SKORUPA. L.A. Áreas de preservação permanente e desenvolvimento sustentável. Embrapa Meio Ambiente. Jaguariúna-SP, 2004. 4p.

SOUSA, et al. Mapeamento do uso e ocupação do solo da Bacia do Rio Descoberto – DF utilizando imagens de satélite CBERS-2 - Anais XIV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Natal – RN. 2009. Disponível em http://marte.sid.inpe.br/col/dpi.inpe.br/sbsr@80/2008/11.18.01.16/doc: Acesso em 14 de junho de 2020.

TAKEDA, T. O. Uso e ocupação do solo urbano. Disponível em http://www.jurisway.org.br/v2/dhall.asp?id_dh=12363. Acesso em 04 de abril de 2021.

WWF-BRASIL, Desmatamento, disponível em: https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/areas_prioritarias/amazonia1/ameacas_ri

scos_amazonia/desmatamento_na_amazonia/, acessado em 30 de março de 2021

WWF-BRASIL, O que são as matas ciliares, disponível em: https://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/questoes_ambientais/matas_ciliares/,

acessado em 30 de março de 2021.

ZANELLA, L. C. H. Técnicas de pesquisa. Adaptação: Eleonora Falcão Vieira; Marialice de Moraes. Universidade Federal de Santa Catarina, Curso de Graduação em Ciências Contábeis, Florianópolis, 2009. 104 p.

Recebido: 08/05/2023

Aprovado: 05/07/2023

Publicado: 01/09/2023

Downloads

Publicado

2023-09-08

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

ART MAPEAMENTO DO USO E OCUPAÇÃO DO SOLO DE NOVO HORIZONTE DO NORTE – MT DE 1986 A 2020. (2023). Revista De Comunicação Científica, 1(13). https://periodicos.unemat.br/index.php/rcc/article/view/11691

Artigos Semelhantes

11-20 de 47

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.