Inclusão escolar de estudantes com transtorno do espectro autista (TEA) na educação profissional e tecnológica: desafios e possibilidades

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2022.37.2941

Palavras-chave:

Educação, Ensino, Inclusão, TEA

Resumo

Este artigo discute a temática da inclusão educacional de estudantes com Transtorno do Espectro Autista – TEA, ponderando sobre as possibilidades e desafios dessa inclusão, em geral, e na Educação Profissional e Tecnológica, em particular. O estudo foi desenvolvido em abordagem qualitativa, com base no método da pesquisa bibliográfico-documental. Concluiu-se que a inclusão de estudantes com Transtorno do Espectro Autista é viável se realizadas as adaptações necessárias e se houver o compromisso social de todos os envolvidos no processo; que é necessário ampliar os estudos sobre a temática, em especial no que se refere ao campo da Educação Profissional e Tecnológica; e que inclusão educacional de estudantes com TEA se efetiva quando a escola consegue assegurar sua aprendizagem e contribuir para seu desenvolvimento – o que inclui a socialização, o autocuidado, o cuidado com o outro e a compreensão das dimensões da cidadania.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Roselaine Luzitana Fracalossi Kokkonen, Instituto Federal de Rondônia

Mestranda no curso de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) - IFRO. Pós-graduada em Coordenação Pedagógica/UNIR e Metodologia de Ensino Superior/FIAR. Graduada em Pedagogia pela FIAR com ênfase em Orientação escolar. Atualmente é Professora de Educação Especial na Associação de Pais e Amigos do Autista de Rondônia e Técnica Pedagógica responsável pela coordenação do Curso Modular da Educação de Jovens e Adultos no Estado de Rondônia. Com experiência na Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio) nas modalidades de Educação Especial e EJA. Integrante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos Históricos e Literários, do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia (sob Coordenação de Xênia de Castro Barbosa).

Xênia de Castro Barbosa, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia

Xênia de Castro Barbosa - Doutora em Geografia/UFPR; Docente do ProfEPT e do IFRO – Campus Porto Velho Calama. Orientadora do Projeto de Pesquisa. Porto Velho, Rondônia, Brasil. E-mail: xenia.castro@ifro.edu.br. ORCID:  https://orcid.org/0000-0002-8082-6974

Josélia Fontenele Batista, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Rondônia

Josélia Fontenele Batista - Doutora em Geografia/UFPR; Docente da disciplina Organização e Memórias dos Espaços Pedagógicos em Educação Profissional e Tecnológica no ProfEPT e do IFRO – Campus Porto Velho Calama. Porto Velho, Rondônia, Brasil. E-mail:  joselia.fontenele@ifro.edu.br. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3374-0112

Referências

ALMEIDA, Tânia Santana de. A comunicação casa - escola no contexto da Inclusão de pessoas com TEA. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, 2016.

APA. Associação Psiquiátrica Americana. DSM-V. Manual Diagnóstico Estatístico de Transtornos Mentais, 5º edição, tradução: Maria Inês Corrêa Nascimento, Porto Alegre: Artmed, 2014.

AZEVEDO, Gustavo Maurício Estevão. Incluir é sinônimo de dignidade humana. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, n. 1, p. 46-53, jun. 2008. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2868. Acesso em: 06 jun. 2020.

BARBOSA, Marily Oliveira. Estudantes com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) na escola: desafios para a ação educativa compartilhada. (Tese de Doutorado). Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2018.

BRASIL, República Federativa. Decreto nº 7.566, de 23 de setembro de 1909. Cria nas capitais dos Estados as Escolas de Aprendizes Artífices, para o ensino profissional, primário e gratuito. Diário Oficial: Rio de Janeiro, p. 6.975, 26 set. 1909. Disponível em: https://www2.camara.leg.br /legin/fed/decret/1900-1909/decreto-7566-23-setembro-1909-525411-publicacaooriginal-1-pe .html. Acesso em 11 jun. 2020.

BRASIL, República Federativa. Constituição Federal. Brasília: 1988.

BRASIL, República Federativa. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: 1988.

BRASIL, República Federativa. Lei n. 13.146, de 06 de julho de 2015. Lei Brasileira da Inclusão da Pessoa com Deficiência. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm. Acesso em: 11 de outubro de 2019.

BRASIL, República Federativa. Decreto n. 3.298, de 20 de dezembro de 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm Acesso em 20 de jul. 2020.

BRASIL, República Federativa. Lei 13.861, de 18 de julho de 2019. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/L13861.htm Acesso em 22 jul. 2020.

CARVALHO, Dulcimar Lopes. A trajetória de Inclusão de um estudante com autismo, da educação básica à educação superior: Desafios e Possibilidades. (Dissertação de Mestrado). Universidade da Região de Joinville, 2017.

CHIOTE, Fernanda de Araújo Binatti. A Escolarização do Aluno com Autismo no Ensino Médio no Contexto das Políticas de Educação Especial no Estado do Espírito Santo. (Tese de Doutorado). Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2017.

CNE/CEB. Conselho Nacional de Educação; Câmara de Educação Básica. Resolução

CNE/CEB nº 2, de 11 de setembro de 2001. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CEB0201.pdf Acesso em 20 de jul. 2020.

CUNHA, Eugênio. Autismo e Inclusão: psicopedagogia, práticas educativas na escola e na família. 7ª ed. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2017.

CUNHA, Eugênio. Autismo na Escola: Um jeito diferente de aprender, um jeito diferente de ensinar. 5ª ed. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2018.

FADDA, Gisella Mouta; CURY, Vera Egler. O enigma do autismo: contribuições sobre a etiologia do transtorno. Revista Psicologia em Estudo, Maringá, v. 21, n. 3, p. 411-423, jul./set.2016. Disponível em: http://ojs.uem.br/ojs/index.php/PsicolEstud/article/view/30709. Acesso em: 30 jun. 2020.

GLAT, Rosana; FERNANDES, Edicléa Mascarenhas. Da Educação Segregada à Educação Inclusiva: uma breve reflexão sobre os Paradigmas Educacionais no Contexto da Educação Especial Brasileira. Faculdade de Educação / Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Artigo publicado na Revista Inclusão nº 1, 2005, MEC/ SEESP.

GOESSLER, Danieli de Cássia Barreto. As trajetórias escolares de alunos com necessidades educacionais especiais no Instituto Federal do Paraná: uma análise dos indicadores do Censo Escolar. 2015. 213 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação, Comunicação e Artes, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2015

KASSAR, Monica de Carvalho Magalhães. Percursos da constituição de uma política brasileira de educação especial inclusiva. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 17, n. spe 1, p. 41-58, ago. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382011000400005&lng=en&nrm=iso . Acesso em: 08 jul. 2020.

LAGO, Mara. Autismo na Escola: ação e reflexão do professor. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul: Faculdade de Educação, 2007.

LIBÂNEO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 5.ed. revista e ampliada – Goiânia: MF Livros, 2008.

LIMA, Stéfanie Melo.; LAPLANE, Adriana Lia Friszman. Escolarização de alunos com autismo. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 22, n. 2, p. 269-284, abr./jun. 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/ 10.1590/S1413-65382216000200009. Acesso em: 23 jul. 2017.

MEC. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16690-politica-nacional-de-educacao-especial-na-perspectiva-da-educacao-inclusiva-05122014&Itemid=30192 Acesso em 20 de jul. 2020.

MITTLER, Peter. Educação Inclusiva: Contextos Sociais. Porto Alegre: Ed. Artmed, 2003.

NILES, Fernanda Osório Mendina. A inclusão escolar de um aluno com transtorno do espectro autista: Condições concretas no contexto da escola privada. (Dissertação de Mestrado). Universidade São Francisco. ITATIBA, 2018

OLIVEIRA, JANIBY SILVA DE. Prática Pedagógica do Professor com o aluno Autista no contexto da Escola Inclusiva. Dissertação (Mestrado), 122 fls. Universidade do Estado do Pará. Programa de Pós-Graduação em Educação, Belém: 2017.

RODRIGUES, Marlene. Formação Docente para Inclusão de Estudantes Público Alvo da Educação especial em Cursos de Licenciatura da Universidade Federal de Rondônia. (Tese de Doutorado). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Araraquara, SP, 2018.

SAVIANI, Dermeval. Sobre a concepção de politecnia. Rio de Janeiro: FIOCRUZ. Politécnico da Saúde Joaquim Venâncio, 1989.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação v. 12 n. 34 jan./abr. 2007.

SILVA, Izaura Maria de Andrade; DORE, Rosemary. A evasão de estudantes com deficiência na rede federal de educação profissional em Minas Gerais. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 29, n. 54, p. 203-214, mar. 2016. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/ article/view/19152 . Acesso em: 12 jul. 2020.

SURIAN, Luca. Autismo: informações essenciais para familiares, educadores e profissionais da saúde. São Paulo: Paulinas, 2010.

UNESCO. Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Declaração de Salamanca. 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf Acesso em: 13 out. 2019.

VASCONCELLOS, Simone Pinto. Práticas Educativas e escolarização de alunos com Transtorno do Espectro Autista na Educação Profissional. Dissertação de Mestrado (204 fls). Universidade Federal de Minas Gerais: Programa de Pós-graduação em Educação: Conhecimento e Inclusão Social. Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte: 2019.

Downloads

Publicado

2022-11-25

Como Citar

FRACALOSSI KOKKONEN, Roselaine Luzitana; DE CASTRO BARBOSA, Xênia; FONTENELE BATISTA, Josélia. Inclusão escolar de estudantes com transtorno do espectro autista (TEA) na educação profissional e tecnológica: desafios e possibilidades. Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 37, n. 1, p. 29–41, 2022. DOI: 10.30681/21787476.2022.37.2941. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/6103. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGO