PRIVATIZAÇÃO E DIREITO À EDUCAÇÃO: INICIANDO O DIÁLOGO COM A LITERATURA NO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2021.36.1538

Palavras-chave:

Privatização;, Direito à educação;, Educação básica;, Estudo bibliográfico.

Resumo

Trata-se de estudo bibliográfico, financiado pela FAPESP, realizado em três bases de dados brasileiras relacionadas a teses e dissertações e a periódicos em educação. As produções foram selecionadas pelos descritores direito à/a educação e privatização e caracterizadas segundo informações bibliométricas e categorias qualitativas: campo empírico; natureza da pesquisa; dimensão e forma de operacionalização da privatização da educação; etapa da Educação básica; posição do trabalho sobre o tema analisado, o ator privado e relação com direito à educação. O período, 1988 a 2018, considera 30 anos da garantia legal do direito à educação prevista na Constituição Federal. Os resultados indicam: inexistência de pesquisas quantitativas sobre esta relação; prevalência de pesquisas documentais; centralidade de estudos sobre privatização da oferta educacional e uma perspectiva favorável à transferência da responsabilidade pela oferta, pela gestão ou pela proposta curricular do estado para atores privados quando estes são constituídos por movimentos sociais ou organizações populares

Biografia do Autor

Theresa ADRIÃO, UNEMAT, MT, CÁCERES,BRASIL

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (1988), mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2001) e Livre Docente pela UNICAMP. É professora colaboradora e pesquisadora do Programa de Pós Graduação da UNICAMP e Professora Visitante na UNEMAT. Desenvolve pesquisas na área de política educacional, com ênfase em gestão e financiamento da educação básica, incluindo estudos sobre privatização. Publicou diversos livros e artigos sobre os temas de investigação. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais (GREPPE/UNICAMP) e a Rede de Latino Americana e Africana de Pesquisadores em Privatização da Educação. (RELAAPE/https://www.rede.fe.unicamp.br/pt-br ). Integra as seguintes entidades acadêmicas e cientificas: ANPED (Tendo sido coordenadora do GT Estado e Política Educacional de 2015 a 2019); Vice diretora Estadual/SP da ANPAE (2015-2017); FINEDUCA e CEDES. Editora da Revista Educação e Sociedade (2018-2020) Bolsista PQ/CNPq - 2010 a 2017 e 2020 a 2023. 

Referências

ADRIÃO, T. Dimensões da privatização da educação básica no Brasil a partir de 1990: um diálogo com a produção acadêmica. 2015. 227f. Tese Livre-Docência, Universidade Estadual de Campinas.

ARAÚJO, C. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan./jun. 2006

FERREIRA, N. S. A. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 23, n. 79, p. 257-272, 2002.

MACHADO, C PEREIRA, A. C. Direito à Educação e Avaliação_Tendências Temáticas, p.17, 2021(prelo).

MORI, A.; ADRIÃO, T. Estado do conhecimento sobre financiamento da educação obrigatória e privatização a partir do web of science, 2015-2018. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 22, n. esp3, p. 1241–1257, 2018.

OLIVEIRA, R. P.de. O direito à educação. In: OLIVEIRA, R. P. de, ADRIÃO, T. (orgs.). Gestão, financiamento e direito à educação. Análise da LDB e Constituição Federal. São Paulo: Xamã, p. 15-43, 2007.

OLIVEIRA, R. P. O direito à educação na Constituição Federal de 1988 e seu restabelecimento pelo sistema de justiça. Revista Brasileira de Educação, São Paulo: ANPEd, mai-ago, p. 61-74, 1999

PIOVESAN, F. Sistema interamericano de direitos humanos: impacto transformador, diálogos jurisdicionais e os desafios da reforma. REDESG - Revista Direitos Emergentes na Sociedade Global. V.3, n.1, 2014.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa Social - Métodos e Técnicas. 3ª edição. São Paulo, Atlas, 2008. 334 p.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Revista Diálogo Educacional, v. 6, n. 19, set./dez. 2006, p. 37-50.

TOMASEVSKI, K. Indicadores del derecho a la educación, Revista Instituto Interamericano de Derechos Humanos, Revista IIDH, 2004, Vol. 40.

Downloads

Publicado

19/07/2022

Como Citar

ADRIÃO, T. (2022). PRIVATIZAÇÃO E DIREITO À EDUCAÇÃO: INICIANDO O DIÁLOGO COM A LITERATURA NO BRASIL. Revista Da Faculdade De Educação, 36(2), 15–38. https://doi.org/10.30681/21787476.2021.36.1538

Edição

Seção

ARTIGO