A PERMANÊNCIA DOS ESTUDANTES NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA ALÉM DA ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

Autores

  • Maria das Graças Martins da Silva
  • Patrícia Simone Nogueira

Resumo

O texto analisa indicadores sobre a permanência na educação superior, bem como explora as ideias que lhe fundamentam. Para cumprir o objetivo, utiliza pesquisa documental (produção de textos e legislação) e dados estatísticos com base no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Os resultados apontam que de 2007 em diante, mesmo considerando o aporte crescente de recursos, a taxa de concluintes vem declinando, o que no texto é examinado no contexto das políticas educacionais. Na produção textual, por sua vez, prevalecem os estudos sobre estudantes em situação de vulnerabilidade e o reconhecimento de que a assistência estudantil é vital para a trajetória acadêmica. Conclui-se que a permanência é passível de ser abordada sob dois ângulos, sem oporem-se: como assistência material e pedagógica aos carentes economicamente e/ou discriminados socialmente e como ações institucionais qualificadoras para o universo dos discentes.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

AMARAL, N. C. A Educação Superior Brasileira: dilemas, desafios e comparações com os países da OCDE e do BRICS. In: REUNIÃO NACIONAL DA ANPEd, 36., 2013, Goiânia. Anais... Goiânia: UFG, 2013. Sessão Especial. Disponível em: . Acesso em: 19 dez. 2013.

ARAÚJO, C. B. Z. M. A permanência de estudantes nos cursos de graduação no Brasil: uma categoria em construção. In: SEMINÁRIO NACIONAL UNIVERSITAS/BR 2012: expansão, acesso e igualdade social, 20., 2012, João Pessoa. Anais... João Pessoa: UFPB, 2012. 1 CD ROM.

_______. Políticas públicas de permanência na educação superior brasileira nos anos 2000. In: REUNIÃO NACIONAL DA ANPEd, 36., 2013, Goiânia. Anais... Goiânia: UFG, 2013. Disponível em:. Acesso em: 02 set. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Censo da educação superior. Disponível em: <http://www.inep.gov.br/superior/censosuperior/default.asp>. Acesso em: 17 fev. 2015.

CARVALHO, D. D. A. de. A política de cotas da Universidade Federal do Tocan- tins: concepção e implicações para a permanência dos estudantes indígenas. 2010. 190 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2010.

CAVALCANTE, M. C. L. P. Políticas de Educação Superior: acesso e permanência de estudantes trabalhadores dos cursos noturnos (1996-2006). 2008. 131 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, 2008.

CRUZ FILHO, A. P. et al. Estudantes das classes populares na universidade pública: da alegria do acesso à angústia da permanência. In: BARBOSA, Jorge Luiz; SILVA, Jailson de Souza e; SOUSA, Ana Inês (Orgs.). Condições de permanência de estudantes de origem popular no espaço acadêmico. Rio de Janeiro: UFRJ, 2010, p. 67-78.

CUNHA, S. M.; CARRILHO, D. M. O processo de adaptação ao ensino superior e o rendimento acadêmico. Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 9, n. 2, p. 215-225, 2005.

DUARTE, S. R. S. O perfil étnico-racial dos (as) ingressantes de 2009 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará: uma contribuição para a análise, proposição e implementação de medidas de ações afirmativas. 2010. 134 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

KRAMES, I. P. Na trilha do Prouni: implantação, acompanhamento e perspectivas em uma instituição de ensino superior de Santa Catarina. 2010. 131 f. Tese (Doutorado em Educação: Currículo) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

MESADRI, F. E. Políticas educacionais: a trajetória de estudantes para o acesso à educação superior. 2008. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Teologia e Ciências Humanas da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2008.

NÉRES, A. A. da S. et al. Condições de permanência na Universidade Federal de Rondônia. In: BARBOSA, Jorge Luiz; SILVA, Jailson de Souza e; SOUSA, Ana Inês (Orgs.). Condições de permanência de estudantes de origem popular no espaço acadêmico. Rio de Janeiro: UFRJ, 2010, p. 121-130.

RISTOFF, D. Perfil socioeconômico do estudante de graduação uma análise de dois ciclos completos do ENADE (2004 a 2009). Cadernos do GEA, Rio de Janeiro, n. 4, jul./dez. 2013.

SANTOS, D. B. R. Para além das cotas: a permanência de estudantes negros no ensino superior como política de ação afirmativa. 2009. 214 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2009.

SILVA, I. M. F. da et al. Os desafios da permanência qualificada na universidade. In: BARBOSA, Jorge Luiz; SILVA, Jailson de Souza e; SOUSA, Ana Inês (Orgs.). Condições de permanência de estudantes de origem popular no espaço acadêmico. Rio de Janeiro: UFRJ, 2010, p. 131-138.

SILVA, G. P. da. Análise de evasão no ensino superior: uma proposta de diag- nóstico de seus determinantes. Revista Avaliação, Campinas, Sorocaba, v. 18, n. 2, p. 311-333, jul. 2013.

SOUZA, A. L. de. Estudantes de origem popular na Universidade Federal do Amapá: permanência. In: BARBOSA, Jorge Luiz; SILVA, Jailson de Souza e; SOUSA, Ana Inês (Orgs.). Condições de permanência de estudantes de origem popular no espaço acadêmico. Rio de Janeiro: UFRJ, 2010, p. 147-162.

TEIXEIRA, A. M. F. Jovens universitários de origem popular: caminhos entre o acesso e a permanência na universidade pública. In: CHARLOT, Bernard (Org.). Juventude popular e universidade: acesso e permanência. São Cristóvão: Editora UFS, 2011, p. 39-72.

TIBOLA, J. A. Antecedentes da lealdade e da permanência de alunos em uma instituição de ensino superior. 2010. 168 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Centro de Ciências Sociais e Aplicadas da Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, 2010.

VARGAS, H. M.; PAULA, M. de F. C. de. Novas fronteiras na democratização da educação superior: o dilema trabalho e estudo. REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 34, 2011, Natal. Anais... Natal: Centro de Convenções, 2011. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2012.

VARGAS, M. de L. F. Ensino superior, assistência estudantil e mercado de trabalho: um estudo com egressos da UFMG. Revista Avaliação, Campinas, Sorocaba, v. 16, n. 1, p. 149-163, 2011. VIEIRA, P. A. dos S. Ação afirmativa, assistência estudantil, bolsas de estudos e matrizes curriculares: desafios para o ensino regular de graduação da UNEMAT.

PAULA, Maria de Fátima Costa de; SILVA, Maria das Graças Martins da (Orgs.). As políticas de democratização da educação superior nos estados do Rio de Janeiro e de Mato Grosso. Produção de pesquisas e questões para o debate. Cuiabá: Editora da UFMT, 2012, p. 209-228.

ZAGO, N. Do acesso à permanência no ensino superior: percursos de estudantes universitários de camadas populares. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, p. 226-370, maio/ago. 2006.

Downloads

Publicado

2019-09-27

Edição

Seção

ARTIGO

Como Citar

A PERMANÊNCIA DOS ESTUDANTES NA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA ALÉM DA ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 111–129, 2019. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/3944.. Acesso em: 19 jun. 2024.