O DESENHO COMO ATIVIDADE DA IMAGINAÇÃO E CRIAÇÃO NA INFÂNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2020.33.2952

Resumo

Este estudo propôs- se a analisar a função do desenho como atividade criadora da criança, seguindo os princípios da teoria histórico-cultural abordados na obra de Vigotski (2009) “Imaginação e criação na Infância”. Conhecer os estágios e os significados dos desenhos infantis são fundamentais para compreender a representação mental dos registros que a criança tem em sua memória. Nessas premissas, foi realizada a coleta de dados, em uma escola pública, com crianças de cinco e oito anos de idade, em que após a contação de uma história da literatura infantil elas realizaram a produção de um desenho referente à história. Com base nos resultados, identificou-se os estágios dos desenhos produzidos pelas crianças e constatou-se que elas necessitam de estímulos para ampliar suas experiências e sua imaginação. Pode-se afirmar que o trabalho com atividades que envolvem o desenho, em virtude da promoção do desenvolvimento intelectual da criança, promove ações que mantêm seu interesse pela atividade criadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fátima Aparecida de Souza Francioli, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) – Campus de Paranavaí/PR

Doutora em Educação Escolar. Professora do Colegiado de Pedagogia e do Programa Mestrado em Ensino: Formação Docente Interdisciplinar (PPIFOR) da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) – Campus de Paranavaí/PR – Brasil.

Débora Buss Steinheuser, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) – Campus de Paranavaí/PR

Mestranda do Programa Mestrado em Ensino: Formação Docente Interdisciplinar (PPIFOR) da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) – Campus de Paranavaí/PR – Brasil. 

Referências

DUARTE, Newton. A Escola de Vigotski e a Educação Escolar: Algumas hipóteses para uma leitura pedagógica da psicologia Histórico Cultural. Psicologia USP. p.30-35 v.7, n.1-2, 1996. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/psicousp/article/view/34531/37269>. Acesso em: 05 mar 2018.

LURIA, Alexander Romanovich. O desenvolvimento da escrita na criança. In: VIGOTSKI, Lev Semenovich. Linguagem, Desenvolvimento e Aprendizagem. ed. 11. São Paulo: Ícone, 2010, p. 143-189.

MOZZER, Geisa Nunes de Souza; BORGES, Fabrícia Teixeira. A criatividade infantil na perspectiva de Lev Vigotski. Inter. Ação. v.33, n 2, 2008. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/5269/4314>. Acesso em: 21 dez 2017.

NATIVIDADE, Michelle Regina da. et al. Desenho na pesquisa com crianças: análise na perspectiva histórico-cultural. Contextos Clínicos. v.1, n.1 p.12, jun. 2008. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S198334822008000100002>. Acesso em: 07 mar 2018.

OLIVEIRA, Marta Kohl de. Pensar a educação: contribuição de Vygotsky. In. CASTORINA, José Antonio. et. al. Piaget. Vygotsky: Novas contribuições para o debate. p.51-84. São Paulo: Editora Ática, 1996.

PETROVSKY, Arthur Vladimirovich. A imaginação. In: LONGAREZI, Andréa Maturano;

PUENTES, Roberto Valdés. org. Ensino desenvolvimental: livro 1. v.4 Uberlândia: Editora da Universidade Estadual de Uberlândia, 2017.

SANTOS, Naira Gomes de. Chapeuzinho Vermelho e a preservação do bosque. Editora Scipione, 2011.

SILVA, Silvia Maria Cintra da. A constituição social do desenho da criança. Campinas: Mercado das Letras, 2002.

SILVA, Silvia Maria Cintra da. Condições sociais da constituição do desenho infantil. Psicologia USP. v.9, n.2. São Paulo, 1998. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65641998000200008> . Acesso em 10 mar 2018.

VYGOTSKI, Lev Semyonovich. A construção do pensamento e linguagem. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001

VYGOTSKI, Lev Semyonovich. Imaginação e criação na infância. Apresentação e comentários: Ana Luiza Smolka; tradução Zoia Preste. São Paulo: Ática, 2009.

Downloads

Publicado

2020-08-06

Como Citar

FRANCIOLI, Fátima Aparecida de Souza; STEINHEUSER, Débora Buss. O DESENHO COMO ATIVIDADE DA IMAGINAÇÃO E CRIAÇÃO NA INFÂNCIA. Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 33, n. 1, p. 29–52, 2020. DOI: 10.30681/21787476.2020.33.2952. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/4783. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGO