O Plano Nacional de Educação do Brasil 2014-2024: uma análise do futuro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2023.E392306

Palavras-chave:

educação, plano nacional de educação, desenvolvimento, futuro.

Resumo

Quando o Plano Nacional de Educação 2014-2024 estiver a ser finalizado, acreditamos que é altura de começar a analisar o seu funcionamento e resultados. Isso permitirá a quem tiver que traçar um novo plano para corrigir os problemas e erros que possam ter sido cometidos e a partir daí criar um novo plano que sirva para dar um novo impulso à educação brasileira e ao desenvolvimento do país. Quanto à metodologia, utilizou-se uma abordagem qualitativa, com revisão da literatura sobre o tema e análise de dados. No artigo tratamos de duas questões importantes: as políticas seguidas pelos governos de Temer e Bolsonaro em matéria de educação e a gestão da pandemia da COVID19. Duas questões intimamente relacionadas que influenciaram muito negativamente a educação brasileira, atrasando em dez anos o seu desenvolvimento, obrigando os novos governos a um grande esforço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Carmen Pineda Nebot, Investigadora GEGOP-UFV

Licenciada en Derecho por la Universidad Complutense de Madrid - Espanha
Licenciada en Ciencia Política y de la Administración por la Universidad Autónoma de Madrid -
Espanha
Investigadora GEGOP- Universidad Federal de Viçosa-MG (Brasil)
E-mail: carmenpinedanebot@hotmail.com
https://orcid.org/0000-0001-6101-8560

Referências

ABRUZIO, F. et al. Combate à COVID-19 sob o federalismo bolsonarista: um caso

de descoordenação intergovernamental. Revista de Administração Pública v. 54, n. 4, jul. – ago. 2020, p. 663-677.

BARBERIA, L. G.; CANTARELLI, L. G. R.; SCHMALZ, P. H. S. Uma avaliação dos programas de educação pública remota dos estados e capitais brasileiros durante a pandemia do covid-19. [S.l.], 2021. Disponible en: <http://fgvclear.org/site/ wp-content/uploads/remote-learning-in-the-covid-19-pandemic-v-1-0-portuguesediagramado-1.pdf>. Acceso el: 04 agos. 2023.

BORDIGNON, G. Caminhar da educação brasileira: muitos planos, pouco planejamento. In: Souza, D. B. de; Martins, A. M. (Org.). Planos de educação no Brasil: planejamentos, políticas, práticas. São Paulo: Loyola, p. 29-54, 2014.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9394, 20 de dezembro de 1996. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm . Acceso el: 5 junio 2023.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm . Acceso el: 5 junio 2023.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Relatório do 4º Ciclo de Monitoramento das Metas do Plano Nacional de Educação – 2022. – Brasília, DF: Inep. https://download.inep.gov.br/publicacoes/institucionais/plano_nacional_de_educacao/relatorio_do_quarto_ciclo_de_monitoramento_das_metas_do_plano_nacional_de_educacao.pdf

CAVALCANTE, V.; KOMATSU, B. K.; MENEZES FILHO, N. Desigualdades

educacionais durante a pandemia. São Paulo: Insper. (Policy Paper, n. 51), 2020.

COSTA, B. L. D.; BRANDÃO, L. A resposta educacional dos municípios à covid-19:

diversidade, trajetória e desigualdades. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, [S.l.], v. 27, n. 87, p. 1-20, maio/ago, 2022.

DAVIES, N. Plano Nacional de Educação: muito discurso, nenhum recurso. Universidade e Sociedade, v. 11, n. 25, p. 29-39, 2001.

GRIN, E. J.; ABRUCIO, F. L. La cooperación intermunicipal en Brasil frente al espejo de la historia: antecedentes críticos y la dependencia de la trayectoria después de la creación de la Ley de los Consorcios Públicos. Revista Políticas Públicas, v.10, n. 2, p.1-27, 2017.

HOUVÈSSOU, G.M.; SOUZA, T.P.; SILVEIRA, M.F. Medidas de contenção de tipo lockdown para prevenção e controle da COVID-19: estudo ecológico descritivo, com dados da África do Sul, Alemanha, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Itália e Nova Zelândia, fevereiro a agosto de 2020. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 30, n. 1, 2021.

ÍNDICE DE DESARROLLO DE LA EDUCACIÓN BÁSICA (Ideb). Informe Anual 2021.

KOSLINSKI, M. C.; BARTHOLO, T. L. A pandemia e as desigualdades de oportunidades de aprendizagem na educação infantil. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 32, 2021.

LIMA, A. L. I. Retratos da educação no contexto da pandemia do coronavírus: perspectivas em diálogo. [S.l]: Fundação Carlos Chagas, 2022. Disponible en: <https://movinovacaonaeducacao.org.br/wp-content/uploads/2020/12/Pesquisa-Retratos-da-educacao-no-contexto-da-pandemia-de-coronavirus.pdf>. Acceso el: 03 agos. 2023.

MENEGOLLA, M.; SANT’ANA, I. M. Por que planejar? Como Planejar? Currículo e Área-Aula. 11. ed. Petrópolis, RJ: Editora Vozes. 2001.

OBSERVATÓRIO DAS DESIGUALDADES. Acesso e exclusão educacional durante a pandemia covid-19. Belo Horizonte: FJP: Corecon. Nota Técnica nº 2, 2021.

ORGANIZACIÓN PARA LA COOPERACIÓN Y EL DESARROLLO ECONÓMICOS (OCDE). Education at a Glance. OECD Indicators 2009. 2009.

OLIVEIRA, B. R. et al. Implementação da educação remota em tempos de pandemia:

análise da experiência do estado de Minas Gerais. RIAEE: Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 1, p. 84-106, jan./mar. 2021.

SECCHI, L.; S. de F. NUNES, G.; CHAVES, T. J. O Plano Nacional de Educação: Análise do Processo de Construção de uma Política Pública tipicamente Brasileira. Administração Pública e Gestão Social, v. 13, n. 4, 2021.

SENKEVICS, A. S.; BOF, A.M. Desigualdades educacionais na pandemia: análise das respostas das escolas brasileiras à suspensão das atividades presenciais em 2020. Cadernos de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais 7, p. 173-2009, 2022.

SOUZA, D. B. Avaliações finais sobre o PNE 2001-2010 e preliminares do PNE 2014-2024. Estudos em Avaliação Educacional, v. 25, n. 59, p.140-170, 2014.

STATISTA. Datos de fallecimiento por covid19 en el mundo, 2023. https://es.statista.com

Publicado

2023-09-08

Como Citar

PINEDA NEBOT, Carmen. O Plano Nacional de Educação do Brasil 2014-2024: uma análise do futuro. Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 39, n. 1, p. e392306, 2023. DOI: 10.30681/21787476.2023.E392306. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/11637. Acesso em: 23 fev. 2024.