DIVERSIDADE CULTURAL, RELAÇÕES RACIAIS E EDUCAÇÃO NA UNEMAT

Autores

  • Ivone Jesus Alexandre

Palavras-chave:

educação, relações raciais, universidade.

Resumo

Este artigo traz uma reflexão sobre as disciplinas ministradas na Universidade do Estado de Mato Grosso no Curso de Graduação-Licenciatura em Pedagogia, Campus de Juara e no Curso de Pós-Graduação “Docência no Ensino Superior”, Campus de Sinop. O objetivo foi analisar como é importante uma disciplina que contemple a temática étnica racial nos cursos de graduação e de pós-graduação para mudança do imaginário social e postura em relação às diferenças étnicas e raciais. Para fazer essa análise, contou-se com os dados coletados junto aos acadêmicos do sétimo e oitavo semestre que cursam Pedagogia e em conversas informais com os alunos da pós-graduação. Concluise que proporcionar o debate de forma sistêmica e articulada com as diferentes áreas do conhecimento permite mudanças de valores e atitudes em relação às diferenças raciais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALEXANDRE, Ivone Jesus. Relações raciais: um estudo com pais, alunos e professores. Cuiabá: edUFMT, 2010.

CNE/CP 3/2004. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, aprovado em 10 março de 2004 Proc. 23001000215/2002-96.

GONÇALVES, L. A. O.; SILVA, P. B. G. Multiculturalismo e educação: do protesto de rua a propostas e políticas. In. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 29, n.1, p. 109-123, jan./jun. 2003.

GUSMÃO, Neusa Maria Mendes. Antropologia, diversidade e educação: um campo de possibilidades. Ponto-e-Vírgula. Revista de Ciências Sociais, 2011, p. 32-45. Disponível em:<http://revistas.pucsp.br/index.php/pontoevirgula/ article/view/13898/10222>. Acesso em: 02 set. 2011.

MOREIRA, Antonio F. B; CANDAU, Vera M. Currículo, conhecimento e cultura: indagações sobre currículo. Organização do documento Jeanete Beauchamp, Sandra Denise Pagel, Aricélia Ribeiro do Nascimento. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007. Disponível em: . Acesso em 15 abr.2013.

MULLER, Lúcia. As construtoras da nação: professoras primárias na Primeira República. Niterói: Intertexto, 1999.

MUNANGA, Kabengele. Rediscutindo a mestiçagem no Brasil: Identidade nacional versus identidade negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

PIZZA, Edith. ROSEMBERG, Fulvia. Cor nos censos brasileiros. In: CARONE, Iray. BENTO, Maria A. S. Psicologia Social do Racismo: Estudos sobre branquitude e branqueamento no Brasil. Petrópolis-RJ: Vozes, 2002.

TEIXEIRA, Moema de Poli. Negros e universidade. Identidade e trajetórias de ascensão social no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Pallas, 1998.

VIEIRA. Paulo Alberto. Políticas Afirmativas: as cotas no ensino superior. Palestra proferida no III Seminário do Fórum Estadual Permanente de Educação e Diversidade Etnicorracial do Estado de Mato Grosso. SEDUC, 26 de novembro de 2010.

Downloads

Publicado

2019-09-27

Como Citar

ALEXANDRE, Ivone Jesus. DIVERSIDADE CULTURAL, RELAÇÕES RACIAIS E EDUCAÇÃO NA UNEMAT. Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 115–126, 2019. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/3992. Acesso em: 5 mar. 2024.

Edição

Seção

ARTIGO

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)