ALGUNS ASPECTOS DA LUTA PELA EFETIVAÇÃO DO DIREITO À AUTODETERMINAÇÃO DO POVO INDÍGENA PAITER SURUÍ: A EDUCAÇÃO, A CULTURA E A TERRA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2020.33.247268

Resumo

O presente artigo analisa aspectos do direito dos povos indígenas à autodeterminação, à educação específica e diferenciada relacionada à cultura e ao direito a terra, bem como suas lutas para efetivação desses direitos. Assim sendo, o intuito é de averiguar se o Estado Brasileiro tem respeitado o disposto na legislação indigenista. Para tanto, utilizou-se da pesquisa qualitativa sócio-histórica, sendo os sujeitos pesquisados do povo indígena Paiter Suruí.  Com suporte em Brandão (2006) e em Geertz (2008) pela presença de aspectos etnográficos. Desse modo, buscou-se direcionar  o cerne da pesquisa aos direitos à autodeterminação, à educação específica e diferenciada relacionada à cultura e o direito a terra. Dessas análises e discussões conclui-se  que os povos indígenas vêm sofrendo violências em seus territórios, em sua cultura e a necessidade de uma educação escolar que possa dialogar com a cultura do povo voltada para a sustentabilidade ambiental.

Biografia do Autor

Alceu Zoia, Professor da Universidade do Estado de Mato Grosso

Doutor em Educação. Professor da Faculdade de Educação e Linguagem FAEL, Sinop/MT e do PPGEdu/ UNEMAT, Cáceres /MT. Grupo de pesquisa: Educação e Diversidade no Contexto da Amazônia Legal Mato-grossense

Matilde Mendes, Professora das Faculdades Integradas de Cacoal – UNESC. Cacoal, RO,

Mestre em Educação (UNEMAT, 2017). Professora das Faculdades Integradas de Cacoal – UNESC.  Cacoal, RO, Amazônia Legal do Brasil. 

Referências

ABRASCO. Entrevista com Luiza Garnelo sobre suicídio indígena para a Rádio USP. Disponível em: https://www.abrasco.org.br/site/outras-noticias/saude-da-populacao/entrevista-com-pesquisadora-luiza-garnelo-sobre-suicidio-indigena-para-radio-usp/33288/. Acesso aos 05 mai. 2019.

AMARAL, José Januário. Rondônia: colonização de novas terras Rondônia: colonização de novas terras . revista de educação, cultura e meio ambiente. http://www.revistapresenca.unir.br/artigos_presenca/11josejanuario_rondoniacolonizacaodenovasterras.pdf. Acesso em 30 de abril 2019.

ANPR - Associação Nacional dos Procuradores da República.

Índios, Direitos Originários e Territorialidade. Organizadores: Gustavo Kenner Alcântara,

Lívia Nascimento Tinôco, Luciano Mariz Maia. Brasília: ANPR, 2018

BRANDÃO, Carlos Rodrigues, (organização). Pesquisa Participante. São Paulo: Brasiliense, 2006.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso aos: 08 mai 2019.

BRASIL. MEC. Cadernos do Novo Mais Educação. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70831-pnme-caderno-de-orientacoes-pedagogicas-pdf/file>. Acesso aos 20 jul de 2020.

BRASIL. Decreto nº 7.747, de 5 de junho de 2012 – Institui a Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas – PNGATI. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/decreto/d7747.htm>. Acesso aos 20 de jul 2020.

CIMI. Violência contra os povos indígenas do brasil dados 2017. Disponível em: https://cimi.org.br/wp-content/uploads/2018/09/Relatorio-violencia-contra-povos-indigenas_2017-Cimi.pdf. Acesso aos 05 de mai. 2019.

FERREIRA, Iremar Antonio. Povos indígenas de Rondônia: rumo aos 518 anos de resistência. https://www.alainet.org/pt/articulo/189961, acesso aos 02 abr 2019.

GEERTZ, Cliff ord. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

ISA. Índios isolados e de recente contato relatam ameaças de morte e invasão de territórios. Disponível em: https://www.socioambiental.org/pt-br/tags/indios-isolados. Acesso aos 05 de mai 2019.

GEERTZ, Cliff.Centenas de invasores entram na Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau e preparam derrubada da floresta. Disponível em: .https://www.socioambiental.org/pt-br/blog/blog-do-monitoramento/centenas-de-invasores-entram-na-terra-indigena-uru-eu-wau-wau-e-preparam-derrubada-da-floresta. Acesso aos 05 mai 2019.

MENDES, Matilde Educação escolar indígena Paiter Suruí e sua relação com os etnoconhecimentos./Matilde Mendes. Cáceres/MT: UNEMAT, 2017. 142f.

MINDLIN, Betty. Vozes da origem. São Paulo: Ática, 1996.

MINDLIN, Betty. Mitos Indígenas. Seleção e organização Betty Mindlin e narradores indígenas. São Paulo: Ática, 2006.

OEA. CIDH. Emite medidas cautelares em favor dos membros dos povos indígenasYanomami,Ye'kwana.Disponível:<http://www.oas.org/pt/cidh/prensa/notas/2020/168.asp>.Acesso aos 20 jul 2020.

O.N.U. Declaração das Nações Unidas sobre os direitos dos povos indígenas – 2007. Disponível em: <http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Direito-dos-Povos-Ind%C3%ADgenas/declaracao-das-nacoes-unidas-sobre-os-direitos-dos-povos-indigenas.html>. Acesso em 02 mai 2019.

O.N.U. Declaração Universal de Direitos Humanos. Disponível em: < http://www.dudh.org.br/>.Acesso em 02 mai 2019.

Acesso em 02 mai 2019.

O.N.U. OIT. Convenção no 169 da Organização Internacional do Trabalho - OIT sobre Povos Indígenas e Tribais. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5051.htm>. Acesso em 02 mai 2019.

PAITER.ORG. Paiter Surui. Disponível em: <http://www.paiter.org/noticias/>. Acesso aos 16 jul 2020.

PREFEITURA DE CACOAL. Café dos Suruí e dos Tupari de Rondônia terá marca nacional da maior empresa do Brasil https://www.cacoal.ro.gov.br/2019/04/11/cafe-dos-suruis-e-tuparis-de-rondonia-tera-marca-nacional-da-maior-empresa-do-pais/

PAPPIANI, Angela e LACERDA, Inimá (organização). Histórias do começo e do fim do mundo - O contato do povo Paiter Suruí. São Paulo: Ikore?, 1ª edição, 2016.

SOUZA FILHO, Carlos Frederico Marés de. O Renascer dos Povos Indígenas para o Direito. Curitiba: Juruá, 1999.

SURUÍ, Renato Labiway. A importância da alimentação tradicional na cultura do povo Paiter da Aldeia Lapetanha, Cacoal, Rondônia. Ji-Paraná, 2015. Disponível em: < http://www.deinter.unir.br/uploads/87443803/tcc/2015 Renato Labiway Surui.pdf>. Acesso aos 19 de jul de 2020.

KANIDE. ORG.Associação de defesa socioambiental. Nota de pesar e pedido por medidas urgentes. Disponível em: <http://www.kaninde.org.br/nota-de-pesar-de-ari-uru-eu-wau-wau/>. Acesso aos 19 jul 2020.

WANDERLEY, Claudia Marinho. I SOEITXAWE : Congresso Internacional de Pesquisa Científica na Amazônia / Claudia Wanderley. – 1° edição.

– Campinas : Claudia Marinho Wanderley, Káchia Téchio...[et al], 2017.

ZOIA, Alceu. MENDES, Matilde. Protagonismo PaiterSuruí: práticas político-pedagógicas e suas relações com os etnoconhecimentos. Disponível em: <http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/download/5002/3374>. Acesso aos 16 de jul de 2020.

Downloads

Publicado

06/08/2020

Como Citar

Zoia, A., & Mendes, M. (2020). ALGUNS ASPECTOS DA LUTA PELA EFETIVAÇÃO DO DIREITO À AUTODETERMINAÇÃO DO POVO INDÍGENA PAITER SURUÍ: A EDUCAÇÃO, A CULTURA E A TERRA. Revista Da Faculdade De Educação, 33(1), 247–268. https://doi.org/10.30681/21787476.2020.33.247268

Edição

Seção

ARTIGO