INDICADORES DE DESEMPENHO ESCOLAR E PROBLEMAS DE COMPORTAMENTO NO CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO INFANTIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2021.35.3550

Palavras-chave:

Hospitalização, Criança, Comportamento, Aprendizagem

Resumo

O presente artigo de natureza quanti-qualitativa analisou o desempenho escolar e problemas de comportamento de crianças hospitalizadas. Participaram seis crianças (média de idade = 6,5) hospitalizadas em hospital público de Cuiabá-MT, com doença aguda e crônica. No estudo foi utilizado a Lista de Verificação Comportamental para crianças/adolescentes de 6/18 anos (CBCL), Instrumento de Avaliação de Repertório Básico para a Alfabetização (IAR) e a Escala de Avaliação de Estratégias de Aprendizagem para o Ensino Fundamental (EAVAP-EF). Os resultados apontaram que todas as crianças apresentaram resultado abaixo da média em estratégias de aprendizagem, a maioria indicou dificuldade na alfabetização. Na CBCL três crianças obtiveram classificação de perfil clínico nas escalas de competência e em problemas de comportamento internalizantes. De modo geral, observou-se dificuldades nas áreas avaliadas, demonstrando a necessidade de programas de intervenção psicoeducativos para crianças hospitalizadas. 

Biografia do Autor

Mariana Rodrigo do Vale Costa e Silva do Vale Costa e Silva, UFMT. MT

Psicóloga pela UFMT. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cuiabá/MT – Brasil.

Tayane Costa Marques Martins, UFMT, MT

Psicóloga pela UFMT. Especialista em Terapia Cognitivo Comportamental. Bolsista de Iniciação Científica do projeto de pesquisa que contou com financiamento da FAPEMAT Processo nr. 214901/2015). Cuiabá/MT – Brasil.

Tatiane Lebre Dias, UFMT,MT

Doutora em Psicologia. Docente do Departamento de Psicologia da UFMT e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFMT. 

Referências

ACHENBACH, T. M.; RESCORLA, L. A. Mental health practitioners’ guide for the Achenbach system of empirically based assessment (ASEBA). 7th ed. Burlington: University of Vermont, Research Center for Children, Youth, & Families, 2010.

BARROS, L. As consequências psicológicas da hospitalização infantil: prevenção e controle. Análise Psicológica, v.1, n. 16, p. 11-28, 1998.

BELANCIERI, M. F.; RODRIGUES, K. R.; CAPELLINI, V. L. M. F.; REIS, V. L. Pedagogia hospitalar: intervenções na unidade pediátrica a partir da contação de histórias. Semin., Ciênc. Soc. Hum., v. 39, n. 1, p. 53-64, 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Assistência à Saúde Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar / Ministério da Saúde, Secretaria de Assistência à Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2001.

BRASIL. Resolução CNE/CEB nº 02, de 11 de setembro de 2001. Institui as Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Brasília, DF, 2001.

BRASIL. Secretaria de Educação Especial. Ministério da Educação. Classe hospitalar e atendimento pedagógico domiciliar: estratégias e orientações. Brasília: MEC, SEEP, 2002. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/livro9.pdf.

BRASIL. Lei nº. 8029 de 2990. Dispões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm

BRASIL. Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Resolução n° 41 de Outubro de 1995.

CALEGARI-FALCO, A. M. Classe Hospitalar: a criança no centro do processo educativo. VII Congresso Nacional de Educação – EDUCERE, Paraná, nov. 2007, p. 4282-4291. Disponível em: <http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2007/anaisEvento/arquivos/PA-543-12.pdf>

CASTRO, E. K.; PICCININI, C. A. Implicações da doença orgânica crônica na infância para as relações familiares: algumas questões teóricas. Psicol. Reflex. Crit. v. 15, n. 3, p. 625-635, 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722002000300016&lng=en&nrm=iso>.

CONSELHO NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE SAÚDE (CONASS). Nota técnica. Conass 30 anos – Promovendo saúde para todos os brasileiros. 2012. Disponível em: http://www.conass.org.br/biblioteca/wp-content/uploads/2012/02/NT-41_2012-Rede-Cronicas-final.pdf.

FARIAS, D. D., GABATZ, R. I. B., TERRA, A. P., COUTO, G. R., MILBRAYH, V. M., SCHWARTZ, E. A hospitalização na perspectiva da criança: uma revisão integrativa. Rev Enferm UFPE, v. 11, n. 2, p. 703-11, 2017.

FARIAS, D., BÄRTSCHIGABATZ, R. I., MILBRATH, V. M., SCHWARTZ, E.; FREITAG, V. L. Percepção infantil sobre a necessidade de hospitalização para o reestabelecimento da saúde. Revista Enfermagem Atual In Derme, v, 87, n, 25, p. 1-7, 2019.

FONTES, R. S. A escuta pedagógica à criança hospitalizada: discutindo o papel da educação no hospital. Rev. Bras. Educ, n.29, p.119-138, 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000200010&lng=en&nrm=iso>.

GOMES, G. C.; ERDMANN, A. L.; OLIVEIRA, P. K.; XAVIER, D. M.; SANTOS, S. S. C.; FARIAS, D. H. R. A família durante a internação hospitalar da criança: contribuições para a enfermagem. Esc Anna Nery, V. 18, N. 2, p. 234-240, 2014. 2014.

GOMES, G. L., FERNANDES, M. G. M., NÓBREGA, M. M. L. Ansiedade da hospitalização em crianças: análise conceitual. Rev Bras Enferm (Internet), v. 69, n. 5, p. 940-945, 2016.

HOSTERT, P. C. C. P.; ENUMO, S. R. F. LOSS, A. B. M. O brincar e problemas de comportamento de crianças com câncer em classes hospitalares. Revista Psicologia: Teoria e Prática, v, 16, n. 1, p. 127-140, 2014.

JANSEN, M. F.; SANTOS, R. M.; FAVERO, L. Benefícios da utilização do brinquedo durante o cuidado de enfermagem prestado à criança hospitalizada. Rev Gaúcha Enferm. v. 31, n. 2, p. 247-253, 2010.

LEITE, A. A. S. Inventário de avaliação do repertório básico para a alfabetização. São Paulo: Edicon, 1984.

LIMA, K. Y. N.; SANTOS, V. E. P. O lúdico como estratégia no cuidado à criança com câncer. Revista Gaúcha de Enfermagem, 36(2), p. 76–81, 2015. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2015.02.51514

LORENCINI, G. R.F.; PAULA, K. M. P. Perfil comportamental de crianças com anemia falciforme. Temas Psicol. [online], v. 23, n. 2, p. 269-280, 2015. http://dx.doi.org/10.9788/TP2015.2-03.

MENÇA, V. B.; SOUSA, S. S. P. S. A criança e o processo de hospitalização: os desafios promovidos pela situação da doença. Psicodom – Universidade Dom Bosco, Porto Alegre, 11 ed, jul., 2013.

MENZANI, R. M.; REGUEIRO, E. M. G.; DE CASSIA L. J. Ser criança na classe hospitalar: a dimensão psicológica na interface educação e saúde. Revista Brasileira Multidisciplinar, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 106-120, 2017. Disponível em: <https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2017.v20i1.476>.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS). Morbidade Hospitalar do SUS. 2016. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sih/cnv/niuf.def

MORAES, E. O.; ENUMO, S. R. F. Estratégias de enfrentamento da hospitalização em crianças avaliadas por instrumento informatizado. PsicoUSF, v. 13, n. 2, p. 221-231, 2008. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712008000200009&lng=pt&nrm=iso>.

OLIVEIRA, C. G. T. et al. Indicadores cognitivos, linguísticos, comportamentais e acadêmicos de pré-escolares nascidos pré-termo e a termo. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 27, n. 3, p. 283-290, 2011.

OLIVEIRA, K. L; BORUCHOVITCH, E & SANTOS, A. A. A. Escala de avaliação das estratégias de aprendizagem para o ensino fundamental: EAVAP-EF. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2010.

PINQUART, M.; SHEN, Y. Behavior problems in children and adolescents with chronic physical illness: a meta-analysis. Journal of Pediatric Paychology, v. 36, n. 9, p. 003-1016, 2011.

PINQUART, M.; TEUBERT, D. Academic, physical and social functioning of children and adolescents with chronic physical illness: a meta analysis. Journal of Pediatric Paychology, V. 37, N. 4, p. 376-38, 2011.

PRATES, K. C. R.; LIMA, R. F.; CIASCA, S. M. Estratégias de aprendizagem e suas relações com o desempenho escolar em crianças do Ensino Fundamental I. Revista Psicopedagogia, v. 33, n. 100, p. 19-27, 2016.

RIBEIRO, C. R.; JUNIOR, A. A. P. A representação social da criança hospitalizada: um estudo por meio do procedimento de desenho-estória com tema. Rev. SBPH [online]; v.12, n.1, p. 31-56, 2009.

SANCHEZ, M. L. M.; EBELING, V. L. N. Internação infantil e sintomas depressivos: intervenção psicológica. Rev. SBPH, v. 14, n. 1, p. 186-199, 2011. Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582011000100011&lng=pt&nrm=iso>.

SILVEIRA, K. A;, LIMA, V. L.; PAULA, K. M. P. Estresse, dor e enfrentamento em crianças hospitalizadas: análise de relações com o estresse do familiar. Revista da SBPH, v. 21, n. 2, p. 5–21, 2018. http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582018000200002&lng=pt&nrm=iso

SILVEIRA, K. A.; Paula, K. M. P.; Enumo, S. R. F. Estresse Relacionado à Hospitalização Pediátrica e Intervenções Possíveis: Análise da Literatura Brasileira. Temas Em Psicologia, v. 27, n. 2, p. 443–458, 2019. https://doi.org/10.9788/TP2019.2-11

SIMONTETTI, A. Manual de Psicologia Hospitalar: o mapa da doença. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2004.

XAVIER, T. G. M. Escolarização de crianças e adolescentes hospitalizados: do direito à realidade. Dissertação (Mestrado em Enfermagem). Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. U

Downloads

Publicado

28/08/2021

Como Citar

Costa e Silva, M. R. do V. C. e S. do V., Marques Martins, T. C., & Dias, T. L. (2021). INDICADORES DE DESEMPENHO ESCOLAR E PROBLEMAS DE COMPORTAMENTO NO CONTEXTO DA HOSPITALIZAÇÃO INFANTIL. Revista Da Faculdade De Educação, 35(1), 35–50. https://doi.org/10.30681/21787476.2021.35.3550

Edição

Seção

ARTIGO

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)