MEMÓRIAS DA TRAJETÓRIA DOCENTE EM CLASSES MULTISSERIADAS: A PROFESSORA ÉLIA MARIA THIESEN (1958/1984)

Autores

  • José Edimar de Souza

Palavras-chave:

Memórias de professores, educação rural, fazer pedagógico multisseriado.

Resumo

Este estudo tem por objetivo desdobrar fatos em torno da trajetória de uma professora cuja docência ocorreu na zona rural de Novo Hamburgo - RS, entre 1958-1984. Pretende analisar e compreender como a trajetória docente se entrelaça à prática pedagógica em classes multisseriadas, considerando para esse fim a memória como fonte documental. A pesquisa, de natureza qualitativa, utiliza metodologia da História Oral valendo-se de entrevistas semiestruturadas. Os referenciais teóricos fundamentam-se em Halbwachs, entre outros, que auxilia na construção de relações e significados acerca da memória coletiva. Esta trajetória singulariza, em certa medida, fragmentos da história da educação rural neste município.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALMEIDA, D. B. Memórias da Rural: narrativas da experiência educativa de uma escola normal rural pública (1950-1960). 2007. 272p. Tese (Doutourado em Educação) - Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2001.

_____. A educação rural como processo civilizador. In: STEPHANOU, M.; BASTOS, M. H. C. (Orgs.). Histórias e memórias da educação no Brasil, vol. III. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

BONDÍA, J. L. Notas sobre a experiência e o saber de experiência.Revista Brasileira de Educação (Jan/Fev/Mar/Abr 2002, Nº 19).

BOSI, E. Memória e sociedade: lembranças de velhos. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

BURKE, P. O que é história cultural? Trad. Sérgio Góes de Paula. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

FERRI, C. Classes Multisseriadas: que espaço escolar é esse? 1994. 161p.

DOCUMENTO 01: Decreto sem número, Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo, 23 de julho de 1945.

Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 1994.

FISCHER, B. T. D. Professoras: histórias e discursos de um passado presente. Pelotas: Seiva, 2005.

KOETZ, H. Entrevista oral sobre a trajetória docente em classes multisseriadasem Lomba Grande. Novo Hamburgo, 10 de junho de 2010. (Entrevista concedida à José Edimar de Souza).

HALBWACHS, M. A Memória Coletiva. São Paulo: Ed. Centauro, 2004;

HOBSBAWM, E. Sobre História. trad. Cid Knipel Moreira. São Paulo: Campanhia das Letras, 1998.

LORIGA, S. A tarefa do historiador. REUILLARD, P. C. R. (Trad). In: GOMES, A. de C.; SCHMIDT, B. B. (org.) Memórias e narrativas (auto)biográficas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.

LEVI, G. Usos da biografia. In: FERREIRA, M. e AMADO, J. Usos e abusos da história oral. R J, Fundação Getúlio Vargas, 2002.

LOPES, E. M. T.; FILHO, L. M. de F.; VEIGA, C. G. (Org.). 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2000;

MENEZES, M. C. (Org.). Educação, Memória, História: Possibilidades, Leituras. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras, 2004.

NÓVOA. A. Introdução. In: STEPHANOU, M., BASTOS, M. H. C. (org.) História e memórias daeducação no Brasil. Petrópolis: Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

NORA, P. Entre memória e História: a problemática dos lugares. São Paulo: Educ, nº. 10, 1993. (Projeto História).

PESAVENTO, S. J. História e História Cultural. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004;

SELBACH, J. F. Novo Hamburgo 1927-1997: os espaços de sociabilidade na gangorra da modernidade. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Arquitetura. Porto Alegre, RS, 1999.

SCHÜTZ, L. M. Os bairros de Novo Hamburgo. S/d, Novo Hamburgo, 2001;

STEPHANOU, M. e BASTOS, M. H. C. (Org.) História e memórias da educação no Brasil. Petrópolis: Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

TAMBARA, E.; CARDOSO, S. Associação Sul Riograndense de Professores:um intento de qualificação do professorado. In: Anais da ANPED SUL, Universidade Estadual de Londrina PR, 2010.

TEDESCO, J. C. (org.). Usos de memórias: política, educação e identidade. Passo Fundo: UPF, 2002.

THOMPSON, P. A Voz do Passado: História Oral. Tradução Lólio Lourenço de Oliveira. Rio de Janeiro Paz e Terra, 1992.

THIESEN, M. G. H. Entrevista oral sobre a trajetória docente em classes multisseriadasem Lomba Grande. Novo Hamburgo, 23 de abril de 2010 e 13 de maio de 2010. Entrevista concedida à José Edimar de Souza.

WEIDUSCHADT, P.; FISCHER, B. T. D. História oral & memória: aportes teórico-metodológicos na investigação de trajetórias docentes. In: FERREIRA, M. O. V.; FISCHER, B. T. D.; PERES, L. M. V. (Org.) Memórias Docentes: abordagens teórico metodológicas e experiências de investigação. São Leopoldo: Oikos, Brasília: Líber Livro, 2009.

WERLE, F. O. C. et al. Escola Normal Rural La Sallena Voz dos Ex-Alunos: sentidos e apropriações. In: WERLE, F. O. C. (org.). Educação rural em perspectiva internacional: instituições, práticas e formação do professor. Ijuí: Ed. UNIJUÍ, 2007.

Downloads

Publicado

2019-09-27

Como Citar

SOUZA, José Edimar de. MEMÓRIAS DA TRAJETÓRIA DOCENTE EM CLASSES MULTISSERIADAS: A PROFESSORA ÉLIA MARIA THIESEN (1958/1984). Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 29–44, 2019. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/4019. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

ARTIGO