A APLICABILIDADE DAS NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, INCORPORADO AOS TRABALHOS DE CAMPO NOS ESTUDOS GEOGRÁFICOS.

Autores

  • Rodrigo Batista de Oliveira Professor convidado da Unicesumar no curso de Geografia e Professor efetivo do colégio SESI Maringá.

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2021.36.123137

Palavras-chave:

Educação , Tecnologias, Conhecimentos Geográficos, Trabalhos de Campo

Resumo

O presente estudo tem por finalidade elaborar uma análise críticas da utilização dos recursos tecnológicos associados e aplicadas à educação no século XXI, que por sua vez acaba por se tornar um paradigma educacional que engloba a criação, descoberta e consciência das instituições e professores de maneira geral, sobre um ambiente de aprendizagem rico em recursos, seja em ambiente escolar ou fora do mesmo, nesse caso através das técnicas de trabalhos de campo, podendo ser utilizado amplamente pelos professores de Geografia em todas as esferas do ensino, desde o fundamental até ao ensino superior, com a perspectiva de associar teoria e prática, contudo o que se observa é que estes trabalhos, por vezes, são realizados de forma planejada transformando em atividade lúdicas sem fins científico, como passeios e excursões, saindo dos moldes de um bom trabalho de pesquisa, no qual os alunos possam ser protagonista do conhecimento, processo de percepção e análise dos fenômenos que os cercam. Assim sendo podemos oportunizar ao educando alicerçar seu conhecimento, de acordo com sua realidade socioespacial e Cultural. 

Biografia do Autor

Rodrigo Batista de Oliveira, Professor convidado da Unicesumar no curso de Geografia e Professor efetivo do colégio SESI Maringá.

Possui graduação em Geografia (Licenciatura) pela Universidade Estadual de Maringá (2007), graduação em Geografia (Bacharelado) pela Universidade Estadual de Maringá (2008) mestrado em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá (2012). Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos e Pós-Graduado em Docência no Ensino Superior: Tecnologias Educacionais e Inovação. Atualmente é professor do Colégio SESI-Maringá. Tem experiência na área de Geografia, ensino superior (EAD Professor Formador), com ênfase em Análise Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: bacias hidrográficas, dinâmica ambiental, geografia, perfil geoambiental; trabalhos de campo; aprendizagem e educação ambiental. Graduando do curso de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). 

Referências

BETRAND, G. Paysage et geographie physique globale. Esquisse méthodologique. Revue Geógraphique des Pyrénées et du Sud-Ouest. França, v. 39, n. 3, p. 249-272, 1968.

CYSNEIROS, P. C. Novas tecnologias na sala de aula: Melhoria do ensino ou inovação conservadora? Revista Informática Educativa. v. 12. n. 1. p. 11-24. Colômbia. 1999. Disponível em: <http://www.pucrs.br/famat/viali/doutorado/ptic/textos/articles-106213_archivo.pdf>. Acesso: 01 jun. 2020.

JUNIOR, M. A. O; SILVA A. L. Novas tecnologias na sala de aula. Revista ECCOM. v. 1, n. 1, 1999. jan./jun. Lorena. 2010. Disponível em: <http://publicacoes.fatea.br/index.php/eccom/article/viewFile/243/202>. Acesso em: 15 set. 2019.

MORÁN, J. Mudando a educação com metodologias ativas. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. v. 2. PROEX/UEPG, 2015. Ponta Grossa. 2015.

LIMA MARIA, I. F. Paisagem, Terroir e Sistemas Agrários: Um Estudo em São Lourenço do Sul. 2006. 153 f. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Ciências Econômicas do rio Grande do sul (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2006.

LOPES, C. S; PONTUSCHKA, N. N. Estudo do meio: fundamentos e estratégias. Maringá: Editora eduem, 2010.

PONTUSCHKA, N. N.; PAGANELLI, T. I.; CACETE, N. H. Para ensinar e aprender geografia. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, M. G. O do aparelho celular em sala de aula. 2012. 50 f. Monografia (Pós-Graduação Lato Sensu) Universidade Federal do Amapá, Amapá, 2012. Disponível em: <http://www2.unifap.br/midias/files/2016/04/O-USO-DO-APARELHO-CELULAR-EM-SALA-DE-AULA-MARLEY-GUEDES-DA-SILVA.pdf>. Acesso em: 14 set. 2019.

SOTCHAVA, V. B. Introdución a la teoria de los geossistemas. Novo Sibersk: Nauka, 1963.

TROPPMAIS T. H; GALINA, M. H. Geossistema. Revista de Geografia da UFC, Fortaleza, v. 5, n. 10, p. 79-89, jul./ dez. 2006. Disponível em: <http://www.mercator.ufc.br/index.php/mercator/article/view/69/44>. Acesso em: 14 set. 2019.

Downloads

Publicado

19/07/2022

Como Citar

Oliveira, R. B. de. (2022). A APLICABILIDADE DAS NOVAS TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO, INCORPORADO AOS TRABALHOS DE CAMPO NOS ESTUDOS GEOGRÁFICOS. Revista Da Faculdade De Educação, 36(2), 123–137. https://doi.org/10.30681/21787476.2021.36.123137

Edição

Seção

ARTIGO