O bioma cerrado e suas conjunturas presentes no livro didático e no documento curricular ampliado de Goiás

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2023.E392305

Palavras-chave:

Cerrado, Biodiversidade

Resumo

Diante da importância do estudo sobre a conservação dos biomas, é evidente a necessidade de uma abordagem aprofundada sobre o bioma Cerrado na Educação Básica. Por essa questão, foi realizada uma pesquisa objetivando analisar o que há sobre o bioma Cerrado no Documento Curricular para Goiás Ampliado – DC-GO e na coleção de livros didáticos (LDs) do Ensino Fundamental, adotada por escolas da rede estadual do município de X[1] - Goiás. A pesquisa, de abordagem quali-quantitativa, trata de dados que destacam textos e imagens, direta e indiretamente, relacionadas ao tema específico. A análise evidencia que os LDs precisam melhorar, utilizando conteúdos que promovam um aprofundamento conceitual quando relacionados aos referenciais científicos. Por sua vez, verificou-se que o DC-GO pouco contempla o bioma em que o estado de Goiás se faz presente.

 

[1] Para fins de manter a identidade dos autores no anonimato, elementos que permitam essa identificação foram substituídos pela letra X.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maíza Grazielle Alves do Rosário, Universidade Federal de Jataí

Licenciada em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Jataí (UFJ)
Jataí – GO, Brasil.
maiza.grazielle.ar@gmail.com
https://orcid.org/0009-0009-8298-7788

Fernando Aparecido MORAES, Universidade Federal de Jataí

Doutor em Educação em Ciências e Matemática
Professor do Instituto de Biociências da Universidade Federal de Jataí (UFJ)
Jataí – GO, Brasil.
fernandoaparecido@ufj.edu.br
https://orcid.org/0000-0002-8714-6533

Referências

ALLABY, Michael. Dicionário de Ecologia. Oxford Paperback Reference, 4ª ed., 2010.

AMORIM, Lívia dos Reis. O Cerrado – meu, seu, nosso: cuidemos! In: Anais do VI Congresso Nacional de Educação Ambiental. João Pessoa – PR, p. 513-524, 2020.

ARAÚJO, Thaís Marcela Fernandes Modesto.; PARISOTTO, Ana Luiza Videira. Análise de uma coleção de livros didáticos de língua portuguesa no que diz respeito ao ensino de ortografia. In: Anais do Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 2013.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa, 70ª ed., 1977.

BARRETO, Cynthia. O livro didático é uma importante ferramenta para a educação. Notícias. Universidade Federal do Tocantins, Ministério da Educação, 2020.

BATALHA, Marco Antônio. O cerrado não é um bioma. Biota Neotropica, v. 11, n. 1, 2011. https://doi.org/10.1590/S1676-06032011000100001

BEZERRA, R.G.; SUESS, R.C. Abordagem do Bioma Cerrado em Livros Didáticos de Biologia do Ensino Médio. HOLOS, v.1, n.29, p. 233-242, 2013. https://doi.org/10.15628/holos.2013.1289

BITTENCOURT, Circe. O saber histórico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 4ª ed., 2001.

BIZERRIL, Marcelo Ximenes Aguiar. O Cerrado nos livros didáticos de geografia e ciências. Ciência Hoje, v. 32, n. 192, p. 56-60, 2003.

BRANCO, Alessandra Batista de Godoi.; BRANCO, Emerson Pereira.; IWASSE, Lilian Fávaro Alegrâncio et al. Alfabetização e letramento científico na BNCC e os desafios para uma educação científica e tecnológica. Revista Valore, v.3, 2018.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Ministério da Educação. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2018. Disponível em: < http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf>. Acesso em: 13/08/2022

CANTO, Eduardo Leite; CANTO, Laura Celloto. Coleção Ciências Naturais: Aprendendo com o cotidiano. Manual do Professor, 6º ano, Ciências/Ensino Fundamental, São Paulo, Editora Moderna, 6ª ed., 2018. Disponível em: < https://pt.calameo.com/read/002899327469fcaecd4c0?authid=rxDvPLKesepJ> Acesso em: 24/08/2022.

CANTO, Eduardo Leite; CANTO, Laura Celloto. Coleção Ciências Naturais: Aprendendo com o cotidiano. Manual do Professor, 7º ano, Ciências/Ensino Fundamental, São Paulo, Editora Moderna, 6ª ed., 2018. Disponível em: < https://pt.calameo.com/read/00289932746242808e4b6?authid=j5VsQD6oWYmx>. Acesso em: 24/08/2022.

CARDOSO, Rosângela Marques Romualdo.; ARAÚJO, Cleide Sandra Tavares.; SANTOS, Mirley Luciene dos Santos. O ensino de ciências por investigação no 6º ano dos anos finais do ensino fundamental: uma análise das habilidades propostas no DC-GO ampliado. Anais do XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Campina Grande: Realize Editora, 2021.

CARNEIRO, Maria Helena da Silva. As imagens no livro didático. Encontro Nacional De Pesquisa Em Educação Em Ciências, Águas de Lindóia: APRAPEC, 1997.

CASTRO, Luis Roberval Bortoluzzi.; CARVALHO, Andriélli Vilanova de.; SOARES, Jeferson Rosa et al. Os Biomas Brasileiros nos livros didáticos de Ciências: Um olhar ao Pampa Gaúcho. Revista Electrónica de Investigación en Educación en Ciencias (REIEC), n.1, p 38-49, 2019.

CAZOTO, Juliana Lacorte.; TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Construção coletiva de uma trilha ecológica no cerrado: pesquisa participativa em educação ambiental. Ciência & Educação (Bauru), v. 14, n. 3, p. 575-582, 2008.

CHOPPIN, Alain. História dos livros e das edições didáticas: sobre o estado da arte. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n. 3, p.549-566, 2004.

COUTINHO, Leopoldo Magno. O conceito bioma. Acta Botânica Brasilica, v. 20, n. 1, 2006.

DORÊS, Rosana Gonçalves Rodrigues das. Análise morfológica e fitoquímica da fava d´anta ( Dimorphandra mollis Benth). LOCUS-UFV, 2007.

DUARTE, Jorge; BARROS, Antônio. Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Atlas, p. 269-79, 2009.

FRANCO, José Luiz de Andrade.; GANEM, Roseli Senna.; BARRETO, Cristiane. Devastação e conservação no bioma Cerrado: duas dinâmicas de fronteira. Expedições, Teoria da história & Históriografia, nº 2, 2016.

GARCIA, Edenise.; CERSÁRIO, Fernando.; RESENDE, Flávia et al. Por que o monitoramento do Cerrado feito pelo Inpe não deveria acabar: saiba os riscos da falta de fiscalização do desmatamento na região. The Nature Conservancy, Artigos e estudos, 2022.

GOIÁS. Documento Curricular para Goiás (DC-GO). Goiânia/Go, CONSED/UNDIME, 2019. Disponível em: https://www.cidadeocidental.go.gov.br/res/midias/outros/80d3d5d8ac56f920562e29f5ef9785df.pdf?_ga=2.114820932.276497606.1619452211-1954095212.1606217088. Acesso em: 28/08/2022.

JÚNIOR, Eduardo Brandão Lima.; OLIVEIRA, Guilherme Samaro de.; SANTOS, Adriana Cristina Omena dos. et al. Análise Documental como percurso metodológico na pesquisa qualitativa. Cadernos da Fucamp, Uberlândia: FUCAMP, v.20, n.44, p.36-51, 2021.

LIMA, Jorge Enoch Furquim Werneck. Situação e perspectivas sobre as águas do Cerrado. Ciência e Cultura. São Paulo, SP: v. 63, n. 3, p. 27-29, 2011.

LIMA, Jordana Rezende de Souza. Etnobotânica no Cerrado: um estudo no assentamento Santa Rita, Jataí (GO). Universidade Federal de Goiás - Campus de Jataí, Programa de Pós-graduação em Geografia, 2013.

LUSTOSA, Mariana Silva. O olhar docente sobre o ensino de Ciências da Natureza no fundamental II em Campina Grande, Pb. Universidade Estadual da Paraíba Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Biologia Licenciatura em Ciências Biológicas, Campina Grande – Pb, 2013.

MACEDO, Elizabeth. A imagem da ciência: folheando um livro didático. Educ. Soc., Campinas, v. 25, n. 86, p. 103-129, 2004.

MYERS, Norman; MITTERMEIER, Russell; MITTERMEIER, Cristina G.; FONSECA, Gustavo A. B. Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature 403, 853–858, 2000.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência & Saúde Coletiva. v. 17, n. 3, p. 621-626, 2012.

NETO, Eulália Raquel Gusmão de Carvalho. O livro didático e as teorias pedagógicas. Holos, v. 6, p. 402–414, 2015.

PUGLISI, Maria Laura; FRANCO, Barbosa. Análise de Conteúdo. Série Pesquisa. Editora LibER Livro, 4 ed., 2012.

RIBEIRO, J. F; WALTER, B. M. T. As Principais Fitofisionomias do Bioma Cerrado. In: SANO, S. M.; ALMEIDA, S. P. de; RIBEIRO, J. F. Cerrado: ecologia e flora. Brasília: EMBRAPA-CERRADOS, v. 2, p. 876, 2008.

SASSERON, Lúcia Helena. Ensino de Ciências por Investigação e o Desenvolvimento de Práticas: uma mirada para a Base Nacional Comum Curricular. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v.18, n.3, p.1061-1085, 2018.

SANTOS, Leidiany Dias dos.; ANGELO, José Adriano Cavalcante.; SILVA, Jemima Queiroz. Letramento científico na perspectiva biológica: um estudo sobre práticas docentes e educação cidadã. Revista Electrónica de Ensenanza de las Ciencias, v. 19, nº2, p. 474-496, 2020.

SPERANDIO, Thaís Maria. Terminologia Biogeográfica – Áreas core e faixas de transição. Coordenada Ativa e Geográfia: Por uma geografia ativa e libertária. Biogeografia. 2009.

TILIO, Rogério Casanovas. O livro didático de inglês em uma abordagem sócio-discursiva: culturas, identidade e pós-modernidade. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

VASCONCELOS, S. D.; SOUTO, E. O livro didático de Ciências no Ensino Fundamental proposta de critérios para análise do conteúdo zoológico. Ciência & Educação, v. 9, n. 1, p. 93-104, 2003.

Downloads

Publicado

2023-08-15

Como Citar

ROSÁRIO, Maíza Grazielle Alves; MORAES, Fernando Aparecido. O bioma cerrado e suas conjunturas presentes no livro didático e no documento curricular ampliado de Goiás . Revista da Faculdade de Educação, [S. l.], v. 39, n. 1, p. e392305, 2023. DOI: 10.30681/21787476.2023.E392305. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/ppgedu/article/view/11331. Acesso em: 27 fev. 2024.