UNIVERSIDADE E DEMOCRACIA: REFLEXÕES SOBRE OS PROCESSOS DE INDICAÇÃO DE REITORES NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO BRASILEIRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30681/21787476.2021.35.5169

Palavras-chave:

Ensino Superior, gestão universitária, democracia, neoliberalismo.

Resumo

A nomeação de reitores em parte das universidades federais brasileiras, no ano de 2019, não seguiu a indicação das comunidades acadêmicas, com a formalização, pelo governo federal, de sujeitos distintos daqueles apontados pelos processos de escolha particulares. Este artigo visa construir uma reflexão sobre as implicações desse movimento para a democracia e, para isso, parte do materialismo histórico-dialético como referencial teórico-metodológico e realiza uma análise documental. Com tal construção, compreende-se que a questão analisada está em relação com a conjuntura macroestrutural atual, em que preceitos neoliberais - intensificados pelo neoconservadorismo - buscam o esvaziamento democrático das instituições públicas como forma de articulá-las aos preceitos capitalistas e a valores morais.

Biografia do Autor

Renata Cecilia Estormovski, UPF, RS

Mestranda em Educação, Universidade de Passo Fundo. Bolsista Capes, Passo Fundo, RS, Brasil

 

Referências

BRASIL. Lei n. 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média e dá outras providências. Brasília, DF, nov., 1968. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L5540.htm. Acesso em: 9 jan. 2020.

BRASIL. Lei n. 6420, de 3 de junho de 1977. Altera a Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968, que fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média e dá outras providências. Brasília, DF, jun., 1977. Disponível em: https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/128399/lei-6420-77. Acesso em: 9 jan. 2020

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 05 de outubro de 1988. Brasília, DF, out., 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em: 9 jan. 2020.

BRASIL. Lei n. 9.192, de 21 de dezembro de 1995. Altera dispositivos da Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968, que regulamentam o processo de escolha dos dirigentes universitários. Brasília, DF, dez., 1995. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9192.htm. Acesso em: 10 jan. 2020.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, dez., 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 9 jan. 2020.

BRASIL. Medida provisória n. 914, de 24 de dezembro de 2019. Brasília, DF, dez., 2019a. Dispõe sobre o processo de escolha dos dirigentes das universidades federais, dos institutos federais e do Colégio Pedro II. Disponível em: http://www.in.gov.br/web/dou/-/medida-provisoria-n-914-de-24-de-dezembro-de-2019-235278221 . Acesso em: 12 jan. 2020.

BRASIL. Projeto de Lei do Senado n. 379, de 2013. Brasília, DF, dez., 2013. Disponível em: https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/114390 . Acesso em: 12 jan. 2020.

BRASIL. Projeto de Lei n. 4998, de 2019. Brasília, DF, set., 2019b. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2219841 . Acesso em: 12 jan. 2020.

CHAUÍ, M. A universidade pública sob nova perspectiva. Rev. Bras. Educ., 2003, n.24, pp.5-15. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n24/n24a02.pdf. Acesso em: 30 dez. 2019.

HARVEY, D. O neoliberalismo: história e implicações. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

LUKÁCS, G. Introdução a uma estética marxista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

MASETTO, M. Docência universitária: repensando a aula. IN: TEODORO, A.; VASCONCELOS, M. L. (orgs). Ensinar e aprender no ensino superior: por uma epistemologia da curiosidade na formação universitária. 2 ed. São Paulo: Cortez/Masckenzie, 2005, p. 79-108.

MÉSZÁROS, I. Para Além do capital. São Paulo, Boitempo, 2002.

PERONI, V. M. V. Implicações da relação público-privada para a democratização da educação. Tese (Professora Titular) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2015, 180 p.

SANTA CATARINA. Resolução n. 001, da Comissão Eleitoral de Entidades Representativas da Universidade Federal de Santa Catarina (COMELEUFSC) 2017-18, de 21 de novembro de 2017. Florianópolis, SC, nov., 2017. Disponível em: http://comeleufsc.paginas.ufsc.br/files/2017/12/resolu%C3%A7%C3%A3o-1-comeleufsc.pdf. Acesso em: 11 jan. 2020.

VIEIRA, E. O estado e a sociedade civil perante o ECA e a LOAS. Revista Serviço Social e Sociedade, n. 56, ano XIX, março de 1998.

WOOD, E. Democracia contra o capitalismo. São Paulo: Boitempo editorial, 2003.

Downloads

Publicado

28/08/2021

Como Citar

Estormovski, R. C. (2021). UNIVERSIDADE E DEMOCRACIA: REFLEXÕES SOBRE OS PROCESSOS DE INDICAÇÃO DE REITORES NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO BRASILEIRO. Revista Da Faculdade De Educação, 35(1), 51–69. https://doi.org/10.30681/21787476.2021.35.5169

Edição

Seção

ARTIGO