Relatos de refúgio: uma análise da narrativa tipicamente laboviana

Visualizações: 18

Autores

  • Carlos Gustavo Camillo Pereira Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

DOI:

https://doi.org/10.30681/reps.v11i2.10285

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as experiências de migração de refugiados que deixaram os seus países. Mais especificamente, investiga-se em que momento de suas histórias é construído o momento de sua tomada de decisão em arriscar-se e imigrar. Como fundamento teórico-metodológico, este trabalho se debruça nas abordagem sociointeracional da análise de narrativas propostas por William Labov, nos pressupostos de metáforas teatrais de Erving Goffman e na análise do discurso em uma abordagem crítica e socioconstrucionista de Norman Fairclough, Luiz Paulo da Moita Lopes, Jan Blommarert.

Palavras-chave: análise do discurso; sociolinguística interacional; refúgio; identidade; análise da narrativa; metáforas goffmaniana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Gustavo Camillo Pereira, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

Atualmente é doutorando em Estudos da Linguagem pela PUC-Rio, universidade em que também obteve o título de mestre com bolsa de fomento a pesquisa do CNPq. Além disso, possui especialização em Língua Portuguesa pelo Liceu Literário Português e em Língua Latina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Por fim, suas pesquisas são voltadas para a análise do discurso de refugiados hispano-americanos e de seus voluntários; interseção entre análise crítica do discurso e linguística cognitiva; polissemia nas construções lexicais do português brasileiro.

Referências

ALMEIDA, S. L. Mãe cuidadora e trabalhadora: as múltiplas identidades das mães que trabalham. Revista do departamento de psicologia – UFF. Vol 19, n. 2, p. 411-422, Jul/Dez. 2007.

BASTOS, L. C. Contando estórias em contextos espontâneos e institucionais – uma introdução ao estudo da narrativa. Calidoscópio, vol 3, no.2, maio/agosto, 2005.

BASTOS, C. R. P., PEREIRA, T. C. (Orgs.), Rio de Janeiro : Garamond, p.133-160, 2009.

BASTOS, L. C. & BIAR, L. de A. “Análise de narrativa e práticas de entendimento da vida social”. Delta, n 31, especial, 2015, p.97-126.

BUTLER. Judith. Bodies that matter. On the Discursive Limits of "Sex". New York: Routledge, [1993], 2011.

CAMERON, D. “Ideology and Language”. Journal of Political Ideologies. vol. 11, n. 2. p. 141-152, jun. 2006.

FABRÍCIO, B. F. Trajectories of socialization in school transcontexts: discourse journeyson gender and sexuality. Working Papers on Urban Languages and Literacies. King`s College, n.94, p.1-24, 2012.

FAIRCLOUGH, N. Language and Power. London: Longman, 1989.

FAIRCLOUGH, N. Discurso e mudança social.Tradução de Izabel Magalhães. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001.

FAIRCLOUGH, N. Analysing discourse: textual analysis for social research. London: Routledge, 2003.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

GEE, J. P. Social linguistics and literacies. Ideology in discourses. Bristol: The Falmer Press, 1990.

GEE, J. P. Identity as na analytic len for research in education. Review of research in Education, v. 25, p. 99-125, 2001.

GOFFMAN, Erving. A Representação do Eu na Vida Cotidiana. Petrópolis, Vozes, 1975 [1959].

GUBRIUM, J. F. HOLSTEIN, J.(orgs.). Postmodern Interviewing. London, SAGE, 2003.

HINE, C. Virtual ethnography. London: Sage, 2000.

_____, C. Virtual Methods and the Sociology of Cyber-Social-Scientific Knowledge. Oxford: Berg, 2005.

JEFFERSON, Gail. Sequential aspects of story telling in conversation. In SCHENKEIN, J.N. (org). Studies in the organization of conversational interaction, New York, Academic Press, 1978.

LABOV, William. The transformation of experience in narrative syntax. In Language in the inner city. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1972.

LABOV, W. Some further steps in narrative analysis. Journal of Narrative and Life History. 7 (1-4) : 395 – 413, 1997.

LINDE, C. Narrative: Experience, Memory, Folklore, in: Journal of Narrative and Life History, 7 (1-4), (New Jersey: Lawrance Erlbaum Associates), 281-289, 1997.

LOPES, L. P. da M., Práticas narrativas como espaço de construção de identidades sociais: uma abordagem socioconstucionista. In: RIBEIRO, B. T.; LIMA, C.C. e DANTAS, M. T. L. (orgs.). Narrativa, Identidade e Clínica. Rio de Janeiro: Edições IPUB, 2001.

LOPES, L.. P. da M. Identidades fragmentadas – a construção discursiva de raça, gênero, e sexualidade em sala de aula. Campinas: Mercado de Letras, 2002.

LOPES, L. P. da M. Discursos de identidade. Campinas: Mercado das Letras, 2003.

LOPES, L. P da M. (Org.) Por uma Linguística Aplicada Indisciplinar. São Paulo: Parábola Editorial, 2006.

NOBREGA, Adriana &. “Narrativa e identidade: contribuições da avaliação no processo de (re)construção identitária em sala de aula universitária”. Veredas, vol. 16, n. 2, 2012.

OLIVEIRA, Maria do Carmo; BASTOS, Liliana Cabral. A experiência da imigração e a construção situada das identidades. Veredas 6:2, 2002, p.31-48.

PARKER, I. Discourse and power. In: SHOTTER, J. & GERGEN, K., J. (eds.) Texts of identity. Londres: Sage, 1989.

PEREIRA, M. das G. D. & SANTOS, F. M. Narrativas de deslocamento e evidencialidade: construções de entre-lugarde um emigrante mineiro de retorno dos estados unidos. In: PEREIRA, M. das G. D; BASTOS, C. R. P & PEREIRA, T. C. Discursos socioculturais em interação: interfaces entre a narrativa, a conversação e a argumentação: navegando nos contextos da escola, saúde, empresa, mídia, política e migração. Rio de Janeiro: Garamond, 2009.

PEREIRA, M. das G. D., Experiências de migração: construções identitárias e ressignificação de ‘sonhos’ em narrativas de um porteiro nordestino no Rio de Janeiro. (159-198), In: A Entrevista na Pesquisa Qualitativa: Perspectivas em análise da narrativa e da interação / Organizadores: Liliana.Cabral Bastos e William Soares dos Santos–Rio de Janeiro : Quartet : Faperj, cd 2013.

VELHO, G. Projecto e Metamorfose: Antropologia das Sociedades Complexas, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1994.

SWEIG, S. Brasilien - Ein Land Der Zukunft. Califórnia, Createspace Independent Publishing Platform, [1924], 2017.

Downloads

Publicado

08-09-2020

Como Citar

Pereira, C. G. C. (2020). Relatos de refúgio: uma análise da narrativa tipicamente laboviana. Eventos Pedagógicos, 11(2), 387–400. https://doi.org/10.30681/reps.v11i2.10285