Educação Infantil: diversidade racial na creche de Cáceres-MT

Autores

  • Eva Batista dos Santos Silva
  • Ivone Jesus Alexandre Universidade do Estado de Mato Grosso, Sinop

DOI:

https://doi.org/10.30681/reps.v6i4.9748

Resumo

Analisou-se nesta pesquisa a importância do ensino sobre a diversidade racial para com crianças de 03 a 05 anos da Educação Infantil em uma creche localizada na periferia de Cáceres, Estado de Mato Grosso. Buscou-se compreender como os professores tratam as crianças negras na sala de aula e verificar como os brinquedos, contos, músicas, peças de teatros, fantoches podem contribuir para a prática pedagógica no trato com as diferenças raciais. A abordagem metodológica foi através da pesquisa-ação por meio de observação participante e oficinas. Concluiu-se que as atividades lúdicas vivenciadas melhoram a autoestima das crianças negras e atendem a Lei 10.639/03.

Palavras-chave: Educação infantil; relações raciais; creche; Lei 10.639/03.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALEXANDRE, Ivone J. Relações raciais: o explícito e o implícito nas interações entre alunos em uma escola pública. Dissertação (Mestrado em Educação) Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2006.

______ . Relações Raciais: um estudo com alunos, pais e professores. Cuiabá: AdUFMT, 2010.

ARIÈS, P. História Social da Criança e da Família. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1981.

BOURDIEU, P.; PASSERON, J.C. A reprodução, elementos para uma teoria do sistema de ensino. Petrópolis: Vozes, 2008.

BRASIL. LDB – Lei de Diretrizes e Bases para a Educação Nacional. Lei 9.394 de 20 de Dezembro de 1996.

______ . Política Nacional de Educação Infantil: pelo direito das crianças de zero a seis anos à educação. Brasília: Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. 2006.

______ . Lei 10.639 de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: 2003.

______ . Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. v. 1: Introdução. Brasília: MEC/SEF, 1998.

______ . Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado, 1998.

CAVALLEIRO, E. Do Silêncio do Lar ao Silêncio Escolar: racismo, preconceito e discriminação na educação infantil. São Paulo: Contexto, 2000.

FREIRE, P. Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GOMES, N. L.. Sem perder a raiz: corpo e cabelo como símbolos da identidade negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

GONÇALVES, L. A. O silêncio: um ritual pedagógico a favor da discriminação. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1985.

GRANDO, B. S. Corporeidade em Relações de Fronteiras Étnicas e Culturais em Mato Grosso: corpo, educação e sociedade. Projeto de Pesquisa. PRPPG/Universidade do Estado de Mato Grosso. Cáceres-MT, 2005.

LARA, L. M. As danças no candomblé: corpo, rito e educação. Maringá: Eduem, 2008.

LEITE, M. M. O óbvio e o contraditório da roda. In: PRIORE, Mary Del (Org). História da Criança no Brasil. São Paulo: Contexto, 1996. p. 98-111.

MUNANGA, K. Superando o Racismo na Escola. Brasília: Ministério da Educação, 2008.

MUNANGA, K.; GOMES, N. L. O negro no Brasil de hoje. São Paulo : Global, 2005.

THIOLLENT, M. Metodologia da Pesquisa-ação. São Paulo: Cortez Editora, 2005.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 1987.

Downloads

Publicado

11-11-2015

Como Citar

Silva, E. B. dos S., & Alexandre, I. J. (2015). Educação Infantil: diversidade racial na creche de Cáceres-MT. Eventos Pedagógicos, 6(4), 396–414. https://doi.org/10.30681/reps.v6i4.9748

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2